Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Feira do Livro do Porto: Fantoches de Hugo van der Ding e a “liberdade livre” de Afonso Cruz

GCO - Guilherme Costa Oliveira  CM Porto_1.jpg

A primeira semana da 10.ª edição da Feira do Livro do Porto, que decorre até ao dia 10 de setembro, nos Jardins do Palácio de Cristal, apresenta uma programação para todas as idades e para todos os gostos. A continuação da homenagem a Manuel António Pina, um teatro de fantoches preparado por Hugo van der Ding, uma conversa com o escritor Afonso Cruz, sessões de comédia dedicadas à poesia e oficinas de escrita para os mais novos são alguns dos pontos altos das propostas para esta semana.

 

Responsável pelo reconhecido podcast “Vamos Todos Morrer”, o humorista Hugo van der Ding volta a (re)contar a história de Portugal. Desta vez, com a ajuda de fantoches, que entram em cena esta quarta-feira, dia 30 de agosto, às 21 horas. Através de um formato inédito, será recriada a atribulada história de sucessos e insucessos de uma das mais conceituadas cantoras líricas portuguesas. “Uma grande Fantochada: Luísa Todi e Napoleão, uma tragédia em teatro de fantoches” chega ao auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett (BMAG) e promete apelar à criança interior de cada um. No mesmo dia, às 18 horas, Sónia Baptista conduz a conferência-performance “E Hoje, é um Esquilo?”, uma reflexão sobre a prática artística como investigação filosófica e poética, e vice-versa.

 

Na quinta-feira, 31 de agosto, às 16h30, é a vez do escritor Afonso Cruz tomar a palavra no auditório BMAG, numa conversa moderada pela jornalista Inês Fonseca Santos. A sessão marca o arranque do ciclo de conversas “Terrivelmente Teimo em Adorar a Liberdade Livre”, que convida autores de diferentes gerações a partilhar o amor pela escrita e pela palavra, e as referências literárias de que são feitos. A sessão será disponibilizada, posteriormente, no canal de YouTube do Município do Porto.

 

Durante esta semana, a Feira do Livro do Porto serve, ainda, de mote ao lançamento do projeto “Porto Literário”, promovido pelo jornal Público com o apoio técnico do Museu e Bibliotecas Municipais do Porto. Às 15h30 do dia 31 de agosto, no Lago dos Cavalinhos, Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, e Cristina Soares, jornalista do Público, apresentam a iniciativa, destinada à produção e distribuição de conteúdos e roteiros dedicados à cultura literária da cidade, através de um storytelling local que percorre autores, casas, topónimos e pontos emblemáticos.