Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Festa do Património acontece em Tarouca | dias 18 e 19 maio | entrada livre

DIAS DO PATRIMÓNIO A NORTE

FADISTA ALDINA DUARTE É CABEÇA DE CARTAZ

 

Mosteiro de Santa Maria de Salzedas

18 e 19 maio 2018

 

image002.jpg

Aldina Duarte atua no Mosteiro de Santa Maria de Salzedas, no próximo dia 19 maio, pelas 21h30, naquele que será o espetáculo de encerramento do evento Dias do Património a Norte, em Tarouca.

 

Esta é a segunda iniciativa do Ciclo Dias do Património a Norte (cuja inauguração ocorreu em abril, no Mosteiro de Arouca), um evento em rede promovido pela Direção Regional de Cultura do Norte e que, ao longo de seis meses (de abril a setembro), vai transformar oito lugares patrimoniais da região Norte, em palcos de uma programação artística, cultural e gastronómica, desenhada com o traço da identidade singular de cada território.

 

A iniciativa é promovida pela Direção Regional de Cultura do Norte em parceria com os municípios locais, representando um investimento total de 400 mil Euros, cofinanciado pelo Programa Norte 2020, através do FEDER.

 

O Mosteiro de Santa Maria de Salzedas é assim o segundo palco dos Dias do Património a Norte. O Mosteiro abre-se para proporcionar um dia de descobertas e experiências singulares. Fazemos uma visita com quem melhor conhece os seus recantos, estórias e memórias, conversamos sobre Paisagem Cultural – o resultado da interação do Homem com a Natureza, e a sua importância para a proteção do legado comum das comunidades.

 

Em jeito de piquenique, conhecemos, pelas mãos de um Chef que tem o foco do seu trabalho na riqueza dos produtos locais e sazonais, reinterpretações da Baga do Varosa (o conhecido sabugueiro). Em família, ouvimos uma história, vinda de longe, sobre a importância da água e da sustentabilidade dos recursos naturais. Duas das comunidades locais apresentam-nos uma performance musical e uma instalação visual. E, quando a noite se fizer chegar, ocupamos um dos claustros do Mosteiro para ouvir a inconfundível Aldina Duarte e o seu último trabalho, “Quando se ama loucamente”.

 

Assente na riqueza do passado, criamos memórias no presente e celebramos o nosso Património!

 

 

PROGRAMA

 

Sexta | 18 de maio

 

10:00 - Visita-Jogo ao Mosteiro de Santa Maria de Salzedas*

conceção: Ondamarela, OOF Design e Artur Carvalho

dinamização: Juliana Sá

vários espaços do Mosteiro

* reservada às escolas

 

O mosteiro guarda segredos que nunca foram desvendados. Visitá-lo, conhecer a sua história e resolver os seus enigmas, revela-nos pistas cada vez mais interessantes e misteriosas, que nos levam a um surpreendente desfecho final.

 

 

Sábado | 19 de maio

 

 

10:30 - Visita-Jogo ao Mosteiro de Santa Maria de Salzedas

conceção: Ondamarela, OOF Design e Artur Carvalho

dinamização: Juliana Sá

vários espaços do Mosteiro

 

 

11:30 - Teatro para famílias | À Espera que Volte, Teatro da Serra do Montemuro

Claustro da Colação

 

O homem forte e bom que vem ao nosso encontro, é Piotor. Piotor não é português. Caiu de um avião de carga numa noite de temporal, numa serra árida onde depois de muito andar no escuro, encontra um cão. Esse cão é pastor e leva-o para junto do seu rebanho. O rebanho leva-o para a aldeia. Na aldeia há um teatro e o vazio que Piotor sentia preencheu-se.

Piotor trouxe consigo uma história sobre a água...sobre uma gota de água que ao cair do céu da Rússia, transforma as crianças que a querem ouvir, em pequenos russos que em vez de mãos, têm o poder de trazer a chuva e o dilúvio para dentro de casa.

Quando a história termina, as crianças só esperam que a gota de água volte a cair para refrescar os seus dedos...

 

Texto de Madalena Victorino e Paulo Duarte

Encenação de Madalena Victorino Assistente de Encenação Abel Duarte Cenografia e Figurinos de Sandra Neves Costureiras Capuchinhas CRL e Maria do Carmo Félix Direção Musical e Banda Sonora de Fernando Mota Cenários e Adereços Carlos Cal e Maria da Conceição Almeida Interpretação Piotor (Paulo Duarte) a sua Sombra (Maria da Conceição Almeida) e sete pequenos músicos russos Direção de Produção e Comunicação Paula Teixeira

Agradecimentos Maryana Bardashevska, Camila Correia, Carolina Correia e Frederico Duarte Vídeo e Fotografia de Lionel Balteiro

 

 

14:30 Visita Guiada por membros da comunidade | Os mosteiros e a reorganização do tempo

guias: Doutor Luís Sebastian e Mestre Humberto

ponto de encontro: entrada do Mosteiro

 

A história de um local não é apenas um conjunto de factos escritos ou estudados. Nesta visita cruzamos o conhecimento científico acerca do Mosteiro com um conjunto de outras dimensões. As histórias do Mosteiro e a sua relação com o conceito de tempo são o mote para que vivenciemos este espaço com um outro olhar. Uma visita guiada com pormenores únicos.

 

 

15:30 - Conversas | Paisagem Cultural

convidados: Professora Doutora Maria Alegria Marques, Doutora Natália Fauvrelle, Dr. Bruno Cardoso

Cadeiral da Igreja do Mosteiro

 

Reconhecida pela UNESCO como um bem cultural há pouco mais de duas décadas, a Paisagem Cultural define-se pelo resultado e processo de interação do Homem e a Natureza. À riqueza e singularidade social e ambiental, valor intrínseco de uma certa paisagem, soma-se o valor afetivo pela identificação e sentimento de pertença que inspira às respetivas populações. Num tempo de vertiginosas mudanças, marcado pela transitoriedade e pela “barbárie estética” e ética, cuidar da paisagem cultural é um imperativo para a salvaguarda do fundo comum das comunidades.

 

 

17:30 - Piquenique | Sabugueiro – O tempo e o produto

com o Chef Tiago Emanuel Santos

Claustro da Colação

 

Pelas mãos dos Monges de Salzedas, a Baga do Varosa, mais conhecida por Sabugueiro, é introduzida no território e assume papéis fundamentais para as mais variadas atividades humanas, principalmente na alimentação e produção de bebidas. Inspirado nos saberes ancestrais, o Chefe Tiago Emanuel Santos traz-nos uma proposta de redescoberta da tradição, do saber ancestral e do produto local desenvolvido através do tempo, da arguta e do engenho dos Monges de Salzedas. Partilhe connosco a toalha, a Cerveja, o Espumante, o Queijo, o Mel e o Pão desta localidade todos elaborados a partir da mesma origem, a Baga e a Flor de Sabugueiro.

 

 

18:30 - Performance musical e instalação visual

coordenação de Samuel Martins Coelho e Paulo Pimenta

com a participação de elementos da Sociedade Filarmónica de Salzedas e do Grupo Caminho da Esperança

Sala do Capítulo e outros espaços do Mosteiro

 

Esta é uma nova criação, desenhada com as comunidades de Salzedas que cruzará a fotografia e a música. Uma obra artística que reflete a identidade dos participantes, da sua música e da sua cultura. Os artistas Samuel Martins Coelho (músico, construtor de instrumentos)  e Paulo Pimenta (fotojornalista) constroem com um grupo muito diverso de pessoas um espetáculo único e irrepetível.

 

 

21:30 Concerto | Aldina Duarte

Claustro do Capítulo

 

Quando a forma faz jus ao conteúdo, temos um  disco escrito por  Aldina Duarte - “Quando Se Ama Loucamente”  -  um elogio da paixão, que nasce da oferta de um tema inédito de Manuel Cruz (Ornatos Violeta) a Aldina. Um tributo à escritora Maria Gabriela Llansol  e um encontro do fado com diversas artes: fotografia,  grafismo, pintura e literatura, tendo como convidados especiais, Hélia Correia, João Barrento, Maria do Rosário Pedreira e Pedro Cabrita Reis.

Aldina Duarte transportará todo este Universo para o Mosteiro de Santa Maria de Salzedas, com a certeza de que estaremos diante de um espetáculo único.

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.