Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Festival Alternativo da Eurovisão: O outro? Qual outro?

image5583590.jpg

 

Por mais que se inventem outras distracções, por mais folclore que se faça - e faz-se tanto e tão mau por Deus - por mais que se queira silenciar a realidade, por mais que se queira açaimá-la, nenhum outro evento no mundo terá paralelo, terá a distinção, a deferência do que o Festival Alternativo da Eurovisão, anteriormente conhecido, como Festival Alternativo da Canção.

A organização esclarece: criado em 2009, o Festival Alternativo da Canção - então assim denominado - chegava ao mundo para devolver ao moribundo festival da canção uma dignidade que nos parecia se ter exilado, num país daqueles de difícil dicção. Ironicamente, os seus primeiros vencedores - Homens da Luta - venceriam a primeira edição, vencendo dois anos mais tarde o evento original.

 

Passados todos estes anos, o que percebemos é que o festival voltou a ter dignidade e não nos conformamos com isso, pois não só poderia hipotecar o nosso , como não seria servil e fiel aos seus propósitos. Por isso, mudamos nós, enquanto não mudam eles (o que não deve tardar muito). E assim a edição deste ano, apresenta uma série de orelhudas canções, que vão molhar o pão aos festivais anteriores, às edições em que éramos roubados em frente à família, aos vestidos que inspiraram candeeiros por esse mundo fora, aos fatos claramente subtraídos a cortinados de festas de fim-de-ano.


Será tudo isto no dia 5 de Maio, no Titanic Sur Mer, com apresentação de Eládio Clímaco. São estes os candidatos:


canção nº 1 - Miguel Lambertini - Não vou mais (Portugal)

canção nº 2 - Alfredo Marcien - Tu vas Tomber (Luxemburgo)

canção nº 3 - Bro-X - Ajudem os drogados (era do cavalo) - (República de Xangai)

canção nº 4 - Los Planeta Fluffen - Es tan dificil decer Amor (Espanha)

canção nº 5 - Toni Delmar - Canzone di Merda (Itália)

canção nº 6 - Valgina Macedo - O meu primo Octávio (Sibéria)

canção nº 7 - Os Rauis - Foste-te embora (Malta)

canção nº 8 - TÖNIE Metadønna - Papa de Avintes (Suécia)

Não excluindo nenhuma participação extra, a organização faz saber que são estes os candidatos deste ano à vitória que lhes poderá valer o majestoso representativo disso mesmo, mas também a actuação no festival da Eurovisão deste ano, neste caso, nas escadas de acesso onde este se realiza, como já aconteceu por exemplo em Oslo.

A organização agradece toda a promoção que possam dar ao evento, divulgando-o e promovendo-o como ele merece. Dia 5 de Maio, seremos um só. 22 horas, Titanic sur Mer, com apresentação de Eládio Clímaco e um júri de luxo, que para a semana revelaremos.

Mais informações aqui. 
https://www.facebook.com/FestivalAlternativodaCancao

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.