Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Festival Dias da Percussão Portimão 2021 vai encher a cidade de ritmos contagiantes

transferir (16).png

 

 

Entre 25 e 27 de junho próximo, os ritmos contagiantes e as batidas sincopadas vão agitar a cidade através da edição inaugural do festival DPP’21 – Dias da Percussão Portimão 2021, com uma programação diversificada que inclui concertos, desfiles, oficinas e masterclasses apostando na proximidade entre a comunidade local e esta linguagem artística universal de união e diálogo.
  
O festival reúne percussionistas de renome nacional e internacional, entre os quais Vasco Ramalho e Nuno Aroso (marimba e vibrafone), Eduardo Cardinho (vibrafone), Marcos Cavaleiro (bateria), Sérgio Almeida (percussão africana), o Bomboémia - Grupo de Percussão da Universidade do Minho (percussão luso-brasileira), o João Guimarães Grupo (sob direção de João Guimarães no saxofone) e o duo Isabel Vaz (violoncelo) e Vasco Dantas (piano). 

transferir (26).jpgDo programa do Dias da Percussão Portimão 2021, faz parte a realização de quatro concertos, como mostra da variedade e riqueza do mundo da percussão, desde a música contemporânea à música clássica, passando até pelo jazz. 

O destaque da programação é para a encomenda musical do DPP’21, ao compositor João Pedro Oliveira, que estreará a obra “In the House of the Glass King”, com Nuno Aroso, Vasco Ramalho e o Algarve Grupo de Percussão Contemporâneo, formando por jovens percussionistas da região, bem como a estreia de uma improvável obra musical para marimba e ‘sardinhofone’, ao abrigo do Fundo de Fomento Cultural do Ministério da Cultura, com direção e interpretação de Vasco Ramalho, composição de Tiago Cutileiro, a qual terá a indústria conserveira de Portimão como principal inspiração criativa.

Para além dos concertos, o DPP - Dias da Percussão Portimão 2021 conta com a realização de uma conversa online como mote pré-evento, que pretende reflectir sobre os desafios inerentes à criação e programação da percussão contemporânea na atualidade portuguesa. A conversa será mediada pela direção artística do festival, tendo a participação de vários artistas, programadores e compositores convidados.
 

transferir (27).jpg

Programação

06 junho

18:00 - Talk Facebook DPP’21
“Os Desafios da Percussão Contemporânea em Portugal: Criação e Programação”
Com mediação da direção artística DPP21’, artistas, programadores e compositores 


25 junho
14:30 – 16:30 - Masterclass Bateria
Marcos Cavaleiro
Black Box TEMPO

“UM”, de João Guimarães
João Guimarães Grupo
19:00  -Grande Auditório TEMPO

Open Jam Session
João Guimarães Grupo
21:30 - Faina Restaurante

26 junho
Masterclass Vibrafone
Eduardo Cardinho
11:00 – 13:00 . Black Box TEMPO

Oficina Percussão Africana
Sérgio Almeida
14:30 – 16:30 . Jardim 1º de Dezembro

Isabel Vaz & Vasco Dantas
Duo de Violoncelo e Piano
19:00 . Grande Auditório TEMPO

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.