Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Festival Europeu de Documentário Científico está de regresso a Lisboa

Unknown-1(5).png

 

O SCI DOC - Festival Europeu de Documentário Científico de Lisboa, o maior festival de documentário, vídeo e produções interactivas, decorre de 1 a 4 de Dezembro, na Cinemateca Júnior - Palácio Foz, e no Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva, onde decorre cerimónia de entrega de prémios. São mais de 30 sessões de filmes de divulgação científica para o grande público legendados em português. A entrada é gratuita.

Durante quatro dias serão exibidas as melhores produções europeias na área da ciência, tecnologia e ambiente. Para além da mostra de documentários realizados para televisão, o programa inclui docudramas, programas de televisão generalistas dedicados à ciência e debates com investigadores.

A edição deste ano traz novidades. O European Science TV and New Media Festival and Awards apresenta-se com uma nova identidade: SCI-DOC - Festival Europeu de Documentário Científico de Lisboa. Este certame é uma organização conjunta da Ciência Viva, a EuroPAWS e da EuroScience. Nesta 5.ª edição, a Apordoc - Associação pelo Documentário, a convite dos organizadores, assume a produção do evento. Outra novidade é a criação de um serviço educativo que aposta numa programação dirigida às crianças.

A sessão de abertura é já esta quinta-feira, dia 1 de Dezembro, às 21.30, na Cinemateca Júnior - Palácio Foz, e inclui a exibição de dois filmes: Dimitri: the Child Who Wanted to Walk at All Costsda série Grey Matter e Water da série 10 Things to Know About.

No dia 2 de Dezembro, às 19.00, terá lugar o debate Conhecer o Espaço para Melhor Viver na Terra onde serão abordadas as contribuições da exploração do Sistema Solar e do Universo para o nosso conhecimento da Terra e a forma como nos permite ajudar a proteger a vida no nosso planeta. O evento conta com a participação dos investigadores Margarida Cunha, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço da Universidade do Porto, Pedro M. A. Miranda do Instituto Dom Luiz, da Universidade de Lisboa e Pedro Mota Machado do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço da Universidade de Lisboa. A moderação estará a cargo de José Vitor Malheiros, da Ciência Viva.

No dia 4 de Dezembro, domingo, às 19.30, terá lugar a Cerimónia de Entrega de Prémios, no Pavilhão do Conhecimento, na qual se ficarão a conhecer as produções distinguidas na edição SCI-DOC 2016. A gala inclui a conferência Crocodilos, Sexo e Cicatrizes: Inesperadas descobertas na investigação biomédica e as suas aplicações, pelo professor Mark Ferguson, da Science Foundation da Irlanda.

A concurso estão oito categorias: Ambiente, Física, Documentários, Dramas e Docudramas para Televisão, Mulheres na Ciência, Novos Media - Não Interactivos, Investigação Médica e Programas de Televisão Generalista. Todos os filmes são avaliados por um júri de referência, composto por Antigone Marino, Carlota Simões, Christoph Falkenroth, Joana Barros e Kate Dart.