Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

"FILMES COM ESTRELAS”: CINEMA LUSÓFONO CHEGA ÀS FREGUESIAS RURAIS DO CONCELHO DE LOULÉ

Filmes com estrelas.jpg

A pensar especialmente na população das zonais rurais onde o acesso à atividade cultural é mais limitado, a Câmara Municipal de Loulé/Loulé Film Office promove, entre os dias 12 e 20 de agosto, a iniciativa “Filmes com Estrelas”.

O cartaz, composto exclusivamente por produções portuguesas realizadas nos anos mais recentes, será apresentado em 5 sessões, todas com início marcado para as 21h00 e entrada gratuita.

As sessões terão lugar no espaço público, ao ar livre.

“Filmes com Estrelas” arranca esta quinta-feira, dia 12, no Largo da Igreja de Boliqueime, com “José e Pilar”. O documentário de 2010 do realizador português Miguel Gonçalves Mendes, é uma coprodução entre Portugal, Espanha e Brasil, e acompanha durante dois anos a vida do Prémio Nobel da Literatura, José Saramago, e da sua companheira, Pilar del Rio.

“Snu” é a película que será exibida no edílico cenário da Fonte Pequena, em Alte, no dia 14. A história da polémica relação entre Ebba Merete Seidenfaden (ou Snu Abecassis) a dinamarquesa que veio para Portugal e fundou as Publicações Dom Quixote, e Francisco Sá Carneiro, fundador do PPD-PSD e ex-primeiro-ministro de Portugal. Esta produção conta com as interpretações de Inês Castel-Branco e Pedro Almendra nos papéis principais. Um filme coescrito e realizado por Patrícia Sequeira, e que data de 2019.

Imigração, “bullying” e xenofobia são alguns dos temas retratados em “Gabriel”, um drama de 2019 de Nuno Bernardo, que será exibido a 16 de agosto, na antiga escola primária de Salir. Após a morte da mãe, Gabriel Silva deixa Cabo Verde e viaja para Portugal à procura de Valdo, o pai que não vê desde a infância e que se encontra gravemente doente. A tia e o primo acolhem-no em sua casa, no bairro dos Olivais, em Lisboa. Em pouco tempo, acaba por se ver envolvido com um gangue local liderado por Jorge, dono do clube de boxe e responsável pela organização de combates ilegais. A película é protagonizada pelo ator Igor Regalla.

A escola primária do Ameixial recebe, a 19 de agosto, a comédia “Ladrões de tuta e meia” (2019), do realizador Hugo Araújo. O casal de vigaristas João e Cristiane (Rui Unas e Leonor Seixas) decidem montar um último golpe: enganar um veterano do Ultramar que ganhou 190 milhões de euros na lotaria. Para isso, João faz-se passar pelo filho perdido do vencedor. Só que não são os únicos.

No encerramento desta edição dos “Filmes com Estrelas”, a 20 de agosto, no Largo da Igreja de Querença, será exibida uma das produções nacionais mais mediatizadas dos últimos anos: “Listen”, da realizadora multipremiada Ana Rocha de Sousa e co-produzido pelo ator algarvio Ruben Garcia . Este drama português de 2020 tem como protagonistas Lúcia Moniz e Sophia Myles e baseia-se em factos reais, abordando o drama de um casal português emigrado em Londres, a quem os serviços sociais retiraram os filhos. O filme retrata a luta pela união da família após um erro irreversível.  A película arrecadou quatro prémios na 77.ª edição do Festival de Veneza.

“Filmes com Estrelas” é mais uma das apostas do Município de Loulé na sétima arte e tem como media partner Rui Tendinha.

Esta iniciativa irá decorrer respeitando todas as normas e recomendações emanadas da Direção-Geral de Saúde no que respeita à pandemia da COVID-19.

 

CML/GAP /RP