Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Fluviário de Mora abre concurso para renovar Lontrário

Obra no valor superior a 50 mil euros

 

 

P1120239.JPG

 

O Fluviário de Mora abriu concurso para a renovação do Lontrário, espaço exterior que actualmente alberga 12 lontras, de modo a torná-lo mais atractivo e captar mais visitantes.

 

Esta é a vontade dos visitantes do espaço, concluída pelos inquéritos sucessivos realizados ao longo do ano, que consideram que o Lontrário podia ser mais apelativo e com mais animação.

 

Nesse sentido, a Câmara Municipal abriu um concurso de reordenamento do local, no valor superior a 50 mil euros, esperando ter a obra concluída até ao final do presente ano.

 

De acordo com os inquéritos junto dos visitantes, mais de metade deslocam-se da região da Grande Lisboa, estando assim previstas acções de comunicação de promoção do Fluviário em outras regiões do país. No concerne ao número de visitantes, até Setembro de 2015, houve um fluxo superior a 30 por cento em relação aos primeiros nove meses de 2014.

 

Recorde-se que em 2013, o Fluviário de Mora acolheu cerca de 33 mil visitantes, número que atingiu os 42 mil em 2014, uma subida de perto de 24 por cento. Para o corrente ano, antecipa-se mais de 50 mil visitantes.

 

Para o presidente da Câmara Municipal de Mora, Luís Simão, “o novo Lontrário é um investimento pensado e sugerido pelos visitantes que também denotam grande apreço pelo percurso do rio ao mar e pelo recente tanque de espécies gigantes. É natural esta subida do número de visitantes, tanto pela diversificação da oferta do espaço, como pelas sucessivas actividades que mantemos em permanência e que atraem os jovens e as famílias”.

 

O Fluviário de Mora foi inaugurado a 21 de Março de 2007

 

Ao fim de sete anos, por onde passaram mais de 730 mil visitantes, crianças, famílias, escolas e outros grupos, o Fluviário de Mora continua a inovar e a  renovar-se, a afirmar-se como a maior e mais reconhecida instituição em Portugal, e também na Europa, de divulgação do maravilhoso mundo dos Rios e Lagos. Com mais de 600 exemplares de 70 espécies, continua hoje a valer a pena visitar e revisitar o Fluviário de Mora.