Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

FLUVIÁRIO DE MORA: NOVIDADES NO PROGRAMA PEDAGÓGICO 2015/16

DSC05656-1160.jpg

 

 

O “Apelo do Rio” é o nome do Programa Pedagógico do Fluviário de Mora para 2015/2016, que substitui o programa do ano passado e contém algumas novidades para os mais novos.

 

Este ano surgem as oficinas ambientais para as famílias, guiões de exploração para uma visita ao Fluviário de Mora, módulos com condições especiais para instituições de ensino e um compêndio de sugestões de actividades para os professores e educadores.

 

Dentro das actividades para o pré-escolar surge como novidade a oficina ambiental “Formas e Cores”, onde se incentiva os alunos à seriação e ordenação, a diferenciar princípios lógicos e a estimular a construção de noções espaciais.

 

Os alunos do 1ºCEB têm também uma nova oficina ambiental “Sobre os Animais”, onde podem observar a multiplicidade e identificar as características de alguns seres vivos presentes no Fluviário.

 

Já os curiosos do 2º CEB têm duas oficinas inovadoras, a Aqua Mater, onde os alunos são sensibilizados para a importância da água e para o papel que os rios, os seus seres vivos  e as próprias acções humanas desempenham na sua qualidade da água e ainda a já referida oficina “Sobre os Animais”, onde se vão explorar as diferentes características dos organismos e os ambientes onde eles vivem.

 

Para os alunos do 3ºCEB foram elaboradas três novas oficinas, a “Água em Acção”, onde os participantes descobrirão como a água, o ar e os seres vivos, ajudaram a modelar a paisagem, criando diferentes ambientes; a “Arte no Rio”, onde se aprenderá que a “linguagem” da natureza e a cultura onde vivemos são diferentes; e as “Cascatas Vivas”, no qual se vão explorar as cadeias tróficas fluviais e como estas se relacionam com as terrestres e as marinhas.

 

Para o Ensino Secundário existe ainda, e além da “Arte no Rio”, que também se destina ao 3º CEB, a “Não à Poluição”, onde se discutirá a contaminação dos recursos aquáticos.

 

Também se pode optar por tempo livre na Sala de Aula com as suas diversas actividades grátis, como Perfis do Fluviário, o Rio nas tuas Mãos, Colado ao Coração, Na Companhia de uma Tartaruga, entre muitas outras que variam de acordo com o programa Quatro Estações na sala de aula.

 

E durante os períodos de interrupção lectiva, celebra-se o Natal, a Páscoa e o Verão, com o programa Águas Transparentes para umas Férias Diferentes, no qual se insere o Mistério do Natal, Carnaval no Rio, Os Ovos Arco-Íris e o Tesouro da Barca do Sol.

 

Outros eventos a celebrar no Fluviário são o Dia de S. Martinho (11 de Novembro), Dia de Darwin (12 de Fevereiro), Dia dos Namorados (14 de Fevereiro), Aniversário do Fluviário (21 de Março) e Dia da Criança (1 de Junho).

 

A pensar nas famílias e grupos de cariz escolar ou não, existem várias oficinas ambientais. Outra opção é passar um dia descontraído em contemplação da natureza, optando pelo Passeio à Beira Rio ou ainda por participar activamente na sua alimentação em Aquarista por uma Hora.

 

O Fluviário de Mora foi inaugurado a 21 de Março de 2007

 

Ao fim de oito anos, por onde passaram mais de 730 mil visitantes, crianças, famílias, escolas e outros grupos, o Fluviário de Mora continua a inovar e a  renovar-se, a afirmar-se como a maior e mais reconhecida instituição em Portugal, e também na Europa, de divulgação do maravilhoso mundo dos Rios e Lagos. Com mais de 600 exemplares de 70 espécies, continua hoje a valer a pena visitar e revisitar o Fluviário de Mora.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.