Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

FOLIO recebe prémio Nobel da literatura infanto-juvenil

Roger Mello, premiado com o Prémio Hans Christian Andersen, o mais importante do mundo dedicado à literatura infanto-juvenil, vai estar no Festival Literário Internacional de Óbidos

 

O FOLIO Ilustra, um dos cinco capítulos do Festival Literário Internacional de Óbidos, traz a Portugal Roger Mello, ilustrador brasiliense, premiado em 2014 com o Prémio Hans Christian Andersen, o mais importante do mundo no âmbito da literatura infantil e juvenil.

 

O júri que lhe atribuiu “o pequeno Nobel” justificou que sua obra permite "explorar a história e a cultura do Brasil sem subestimar a habilidade da criança de reconhecer e decodificar fenômenos e imagens culturais”.

 

Roger Mello ilustrou mais de 100 livros para diversos autores, escreveu e ilustrou outros 22, entre os quais Meninos do Mangue, Carvalhada de Pirenópolis e Carvoeirinhos, e teve algumas de suas obras publicadas em outros países.

 

O autor nasceu na cidade de Brasília, em 1965, quando a cidade tinha apenas cinco anos e o país vivia os anos difíceis da ditadura militar (1964-1989), onde eram frequentes os agentes da repressão a invadir casas e escolas na busca por livros proibidos. Mas tenta sempre evitar transformar fluxo criativo em arte com foco na denúncia. “Arte não pode ser guiada por nada além da liberdade de ideias. Não quero ensinar nada. Mas, imagens ficionais num país que tem o mais alto índice de assassinato de ativistas ambientais pode, sim, representar um ativismo também”, frisa Roger Mello.

 

Com a curadoria de Mafalda Milhões e comissariado de Dora Batalim SottoMayor, o FOLIO ILUSTRA vai juntar em Óbidos autores nacionais de renome como Maria Keil, Afonso Cruz (Prémio Nacional de Ilustração 2014), Ana Biscaia, Bernardo Carvalho, Henrique Cayatte ou Fernanda Fragateiro a ilustradores brasileiros, como André Neves, Ângela Lago, Ciça Fittipaldi, Maurício Correia Leite, Ricardo Azevedo e Roger Mello. Presentes igualmente estarão os autores nacionais, entre outros, João Pedro Mésseder, Luísa Ducla Soares, António Torrado, Gonçalo M. Tavares, David Machado.

 

O FOLIO ILUSTRA é uma das cinco vertentes que compõem o FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos e vai receber, de 15 a 25 de Outubro, cerca de 200 autores portugueses e lusófonos. O FOLIO divide-se ainda pelo FOLIO Autores (curadoria de José Eduardo Agualusa) – tertúlias, debates, livros; Folia (curadoria de Anabela Mota Ribeiro) – espetáculos, performances, concertos; FOLIO Educa (curadoria de Teresa Calçada e Maria José Vitorino) – parte mais pedagógica; e FOLIO Paralelo (coordenação de José Pinho, da Ler Devagar e coordenador do projeto Óbidos Vila Literária) – lançamentos de livros, sessões autógrafos, exposições.