Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Formação PIA no Espaço ContraFacção, Pinhal Novo | Janeiro - Máscaras e Percussão

Máscaras e percussão

PIA promove programa formativo no Espaço ContraFacção

 

A Cooperativa Cultural PIA – Projectos de Intervenção Artística promove, em janeiro, um conjunto de propostas formativas no Espaço ContraFacção, em Pinhal Novo, com o apoio da Câmara Municipal de Palmela. Máscaras em Papel, por Pedro Domingues Leal (12 a 14 e 19 a 21), Tronkar, por Winga (16 a 18) e Percussão em Reciclados, por Hugo Menezes (23 a 25) são as oficinas previstas, que convidam todos os interessados a aventurarem-se na descoberta destas formas de expressão artística, que acompanham o homem desde o início dos tempos.

Os participantes do concelho de Palmela beneficiam de desconto na inscrição, a realizar através dos contactos piacrl@gmail.com ou 936476878.

 

Programa:

 

Máscaras em papel

12 a 14 Janeiro e 19 a 21 Janeiro | 20h30 / 23h30

(Inscrições até dia 9)

 

Neste mundo, o Homem criou formas mágicas, míticas, ritualistas e lúdicas, escondendo-se durante a noite atrás de disfarces, a que chamou Máscaras. Para a mais perfeita expressão, esse Homem aperfeiçoou os caracteres estéticos da máscara, individualizando a sua fabricação, estudando o seu impacto no grupo social a que pertencia, adaptando-as aos diversos aspetos das forças sobrenaturais e demoníacas, que julgava descobrir e conhecer. Deste modo, criou uma variada morfologia entre diversas culturas que se multiplicaram. O que é o Homem senão “múltiplas máscaras” com diferentes expressões... Este Workshop é dirigido por Pedro Domingues Leal, Artista Plástico e Performer, que conta no seu currículo diversas formações nacionais e internacionais, ligadas a este Universo das Formas Animadas, nomeadamente Caracterização Especial e Próteses na Cazcarra Image Group com Ismael Reinón (Barcelona), Kathakali (Teatro do Gesto) com o Mestre Kalamandalam Jon (Kerala, Índia), Escola da Máscara (Commedia dell'Arte) com Filipe Crawford no Teatro Casa da Comédia (Lisboa), assim como as diferentes técnicas de construção das Máscaras de Nepal com o Mestre Dhan Bahadur Lama (Changu Narayan, Nepal) e das Máscaras de Bali com o Mestre Ida Bagus Anom Suryawan (Mas Village, Bali, Indonésia).

 

Preço30€ Participantes em Geral

20€ Participantes do Concelho de Palmela (com comprovativo de residência)

 

 

Tronkar

16 a 18 Janeiro - Sexta-feira 20h30 - 23h30 | Sábado e Domingo 14h30 - 19h30 

(Inscrições até dia 14)

 

Tronkar trata-se de um método próprio criado e idealizado por Winga para a realização de oficinas de percussão para pequenos, médios e grandes grupos. Um instrumento de percussão constituído por troncos de madeira, bambu, pvc ou outra matéria, suspensos por tripés e percutidos por paus. Para acompanhar este instrumento, são utilizados instrumentos africanos, brasileiros e portugueses. O tamanho e número de troncos depende do número de participantes no ritual - círculo de tambores. Os troncos e restantes instrumentos estão dispostos num círculo e no centro está um tambor gigante, inspirado no tambor taiko Japonês. Esta oficina é dirigida por Winga, percussionista dos Blasted Mechanism, criador do grupo de percussão tribal Nação Vira Lata e do projeto one-man-show Winga Kan, já tendo colaborado com diversos músicos e grupos, tais como Né Ladeiras, Pedro Joia, Ciganos d'Ouro, Les Aminches, Dazkarieh, Uxu-kalhus, Boss AC, entre muitos outros.

 

Preço25€ Participantes em Geral

15€ Participantes do Concelho de Palmela (com comprovativo de residência)

 

 

Percussão em Reciclados

23 a 25 Janeiro - Sexta-feira 20h30 - 23h30 | Sábado e Domingo 14h30 - 19h30

(Inscrições até dia 21)

 

A oficina de Percussão em Reciclados tem com objetivo transformar os objetos do quotidiano urbano em instrumentos de percussão, abordando as suas diferentes sonoridades com a prática de exercícios e técnicas rítmicas, ritmos uníssonos e polirritmos com influências afro-latinas. Esta oficina é dirigida por Hugo Menezes, responsável pela Direção Artística do projeto “Sons do Douro”, e com um vasto percurso profissional marcado por colaborações com diversos músicos e grupos conceituados, como Cool Hipnoise, Mercado Negro, Sara Tavares, Carlos Barretto, Tora Tora Big Band, Spaceboys, Músicas de Sol e Lua (Sérgio Godinho, Vitorino, Rão Kyao), Tumbala, Los Malditos...

 

Preço  25€ Participantes em Geral

15€ Participantes do Concelho de Palmela (com comprovativo de residência)