Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Francisco José Viegas no “365 Dias de Romance” em junho

365 Dias Romance.jpg

Francisco José Viegas é o escritor convidado do Projeto “365 Dias de Romance”, no dia 4 de junho, às 17h00, na Biblioteca Municipal de Palmela.

A conversa será conduzida através do percurso literário do autor, que também é professor, jornalista e editor.

Esta sessão será presencial, com transmissão online, através do Facebook Palmela Município.

O “365 Dias de Romance” - dinamizado pelo Município de Palmela, em parceria com a Casa Ermelinda Freitas (Programa Mecenas de Palmela) e a Livraria Culsete, desde 2021 - já trouxe ao concelho alguns dos mais importantes nomes da literatura portuguesa, nomeadamente, Tânia Ganho, Maria do Rosário Pedreira, Afonso Cruz, Possidónio Cachapa, Patrícia Reis, Hugo Gonçalves, Teolinda Gersão, Rodrigo Guedes de Carvalho e João Tordo.

Mais informações através dos contactos: 212 336 632 e bibliotecas@cm-palmela.pt.

 

 Francisco José Viegas

 

Nascido em 1962, Francisco José Viegas é responsável pela revista Ler” e foi, também, diretor da revista “Grande Reportagem” e da Casa Fernando Pessoa. De junho de 2011 a outubro de 2012 exerceu o cargo de Secretário de Estado da Cultura. Colaborou em vários jornais e revistas, e foi autor de vários programas na rádio (TSF e Antena 1) e televisão (Livro AbertoEscrita em DiaLer para CrerPrimeira PáginaAvenida BrasilPrazeresUm Café no MajesticA Torto e a DireitoNada de Cultura).

Da sua obra, destacam-se livros de poesia (Metade da VidaO Puro e o ImpuroSe Me Comovesse o Amor) e os romances Regresso por um RioCrime em Ponta DelgadaMorte no EstádioAs Duas Águas do MarUm Céu Demasiado AzulUm Crime na ExposiçãoUm Crime CapitalLourenço MarquesLonge de Manaus (Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores 2005), O Mar em CasablancaO Colecionador de ErvaA Poeira que Cai sobre a Terra e Outras Histórias de Jaime Ramos e A Luz de Pequim (Prémio Fernando Namora 2020 e Prémio PEN 2020 Narrativa).