Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Fundação AFID Diferença - exposição ‘Grande, Pequeno, Maior’ na Casa Museu Medeiros e Almeida em Lisboa

Pais e amigos marcam presença na inauguração da exposição ‘Grande Pequeno Maior’ da Fundação AFID Diferença 

Exposição ficará patente na Casa Museu Medeiros e Almeida até 31 de julho com entrada gratuita


 
 A Fundação AFID Diferença inaugurou no passado dia 16 de julho a mostra de trabalhs ‘Grande Pequeno Maior’ na Casa-Museu Medeiros e Almeida, em Lisboa.

Pelo quarto ano consecutivo, a Casa-Museu Medeiros e Almeida recebe uma exposição com a chancela dos ateliers artísticos do Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) da Fundação AFID Diferença. 

A inauguração da exposição “Grande Pequeno Maior” decorreu na terça-feira, dia 16, e contou com a presença de pais e amigos da Fundação AFID Diferença numa exposição cheia de cor que prima pela diferença.

A inauguração da exposição foi marcada também pela presença do canal Diferença, canal digital lançado pela Fundação em 2018.

“É um gosto imenso receber mais uma exposição da Fundação AFID Diferença, como sabem, é uma instituição muito acarinhada por mim e por esta instituição cultural que é a Casa-Museu Medeiros e Almeida. Quero agradecer a colaboração de todos, ao Dr. Domingos Rosa, que consegue gerir a AFID melhor do que ninguém, e ao curador Nuno Lacerda, que montou uma exposição magnífica, que está melhor do que nunca. Sintam-se em casa porque, de facto, esta é a vossa casa”, disse a Dr. ª Teresa Vilaça, Diretora da Casa-Museu Medeiros e Almeida.

"Grande Pequeno Maior" convida os visitantes a repensar o significado destes termos a partir do confronto entre obras de escalas opostas e conjuntos de trabalhos que se somam e estendem cumulativamente. 

 “Muito obrigado a toda a equipa técnica da AFID que colaborou e deu uma ajuda impecável e imprescindível em toda a conceção desta exposição.  E, principalmente, aos artistas e às suas famílias. É para mim uma grande responsabilidade pegar no vosso trabalho e fazer com que funcionem como um conjunto,” adianta o monitor do nosso Atelier de Pintura Nuno Lacerda. 
 
“Tenho de agradecer à colega Cristina Santos a preciosa ajuda e o facto de me ter feito ver que um grande + um pequeno fazem uma coisa bem maior. O grande fica sempre maior quando dá as mãos aos mais pequeno, é o modelo que ambicionamos numa sociedade com a qual sonhamos”, concluiu.

A mostra de trabalhos com a chancela dos ateliers artísticos do papel, cerâmica, tecelagem, pintura e costura, estará de portas abertas com entrada gratuita de 17 a 31 de julho.
 
Local:  Museu Medeiros e Almeida
Morada: R. Rosa Araújo 41, 1250-008 Lisboa;
Inauguração: 17h00 de 16 de julho;
Entrada: Gratuita;

UljL6fABF0259.jpg

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.