Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Fundação AFID Diferença inaugura “Mil Palavras Valem Quase Uma Imagem”

Outdoor.jpg

 

 

Mostra artística ficará patente até 22 de julho em Lisboa

 

 

A Fundação AFID Diferença apresenta na Casa-Museu Medeiros e Almeida, em Lisboa, a Exposição “Mil Palavras Valem Quase uma Imagem”, uma mostra de trabalhos realizados pelos artistas da Fundação e que estará patente de 12 a 22 de julho.

 

A Fundação AFID Diferença inaugura no próximo dia 12 de julho mais uma exposição, desta vez sob o título “Mil Palavras Valem Quase uma Imagem”.

 

Associado às abordagens que a AFID tem vindo a assumir no campo da inclusão, nomeadamente em metodologias que tornem as suas exposições mais acessíveis ao público com deficiência visual, este olhar pretende lançar uma reflexão a partir dos resultados inesperados que surgem deste exercício de traduzir em palavras o que sabemos à partida ser indizível.

“Para além de uma mostra das obras mais recentemente produzidas nas oficinas artísticas da AFID, a exposição foca também alguns trabalhos em que a palavra escrita se assume como ferramenta não apenas complementar, mas indispensável à expressão de vários autores”, explica Nuno Lacerda, responsável pelo Atelier de Pintura do Centro de Atividades Ocupacionais (CAO), da Fundação AFID Diferença.

 

Nesta exposição, os artistas da Fundação AGIF irão ter a oportunidade de divulgar os seus trabalhos, expressando a sua criatividade através das imagens, arte, da cor do traço e, partilhar as suas palavras de agradecimento por mais uma oportunidade de partilharem o seu talento e a sua visão do mundo.  

 

“A arte está no ADN da Fundação AFID Diferença. Esta exposição é mais uma prova de que o talento sobrepõe as barreiras da diferença. Esperamos que as pessoas que se deslocarem à Casa-Museu Medeiros e Almeida apreciem os trabalhos desenvolvidos pelos clientes da AFID, enriquecido pelo belíssimo espaço onde se realiza a exposição,

a Casa Museu Medeiros e Almeida”, Domingos Rosa, Presidente do Conselho Executivo da Fundação AFID Diferença.

 

Domingos Rosa acrescenta ainda que “enquanto Presidente Fundação AFID Diferença, é, para mim, muito gratificante constatar a riqueza dos trabalhos que irão estar expostos, facto este que constitui, também, motivo de orgulho para os todos os Artistas Diferentes e, estou certo, para a Casa Museu Medeiros e Almeida, enquanto entidade com forte espírito e prática de Solidariedade e de Responsabilidade Social”.

A exposição “Mil Palavras Valem Quase uma Imagem” será inaugurada no dia 12 de julho e contará com a presença do grupo AFIDANCE.

Exposição: “Mil Palavras Valem Quase uma imagem”

Local: Casa-Museu Medeiros e Almeida, em Lisboa

Inauguração: 12 de julho a partir das 18:30

Termina: dia 22 de julho

 

 

 

 

Sobre a Fundação AFID Diferença: 

A AFID – Associação Nacional de Famílias para a Integração da Pessoa com Deficiência celebrou em 2018 33 anos de existência. Ao longo do seu vasto percurso criou também a Fundação AFID Diferença, que por sua vez comemorou 13 anos, uma instituição particular de solidariedade social que se dedica a iniciativas de reabilitação, educação, formação e inserção socioprofissional de pessoas com deficiência. Desenvolve igualmente um conjunto de atividades de apoio à comunidade e serviços de proximidade nos domínios da assistência e solidariedade social, apoio à infância e à terceira idade. É a primeira Instituição da área social, em Portugal, certificada pelas Normas ISO 9001:2008, pela Marca ISS, Nível A e pelo EQUASS Excellence.  

Atualmente, a AFID, na sua globalidade, atende perto de 1500 pessoas – Infância (AFIDKIDS), Pessoas com Deficiência (AFIDREAB) e Pessoas Idosas (AFIDSÉNIOR) - e para as quais trabalham diariamente 211 colaboradores. Trata-se de uma das principais instituições sociais do país – pela dimensão, abrangência e complementaridade dos seus serviços e, sobretudo, pela qualidade impressa na gestão e intervenção técnica. A AFID enquanto associação de famílias mantém o seu objetivo ao nível da representação dos direitos das famílias e das pessoas com deficiência.  

Mais em: www.afid.pt