Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Fundação Montepio assinala Centenário de Nelson Mandela com a presença de Ximenes Belo

A Associação Mutualista Montepio e a Fundação Montepio acolhem, a 18 de julho, no auditório Montepio, na Rua do Ouro, a Conferência “Mandela, inspiração para os construtores de pontes”, comemorativa do centenário do nascimento do histórico líder sul africano e que conta com a presença do Nobel da Paz, Ximenes Belo. A entrada é livre.

 

A conferência ‘Mandela, inspiração para os construtores de pontes’ reúne personalidades de todo o mundo que, a partir das suas experiências pessoais em zona de conflito, debatem a filosofia da Academia Ubuntu bem como a dinâmica e complexidade de construção de pontes em situações de guerra.

 

A abertura da sessão será realizada por António Tomás Correia, presidente do Grupo Montepio e da Fundação Montepio, John Volmik, presidente da Ubuntu Global Network e Martin Kalungu-Banda, consultor da Iniciativa de Governação de África.

 

Willie Esterhuyse, professor na Stellenbosh University e figura preponderante na história da África do Sul, pelo seu papel nas negociações para pôr fim ao Apartheid, vai ser keynote speaker de ‘Mandela: o homem com uma notável imaginação moral inclusiva’.

 

O primeiro painel, dedicado ao tema “Construir pontes para a reconciliação e paz – caminhos percorridos e lições aprendidas”, conta com as participações de D. Carlos Filipe Ximenes Belo, defensor dos direitos humanos e Prémio Nobel da Paz em 1996, de Timor-Leste; Geofrey Corry, especialista em resolução de conflitos, da Irlanda; Yabah Bognini, Chefe de Gabinete da CONARIV, Comissão de Compensação e Reconciliação de Vítimas na Costa do Marfim e Fundadora do N'Zarama Center, da Costa do Marfim; John Volmink, expert sobre educação na África do Sul, e do jornalista António Mateus, que garantirá a moderação.

‘Construir pontes para a reconciliação e paz – os desafios de quem conheça’ será o tema a debater por Sihem Bensedrine, jornalista e ativistas dos direitos humanos, da Tunísia; pelo padre Domingos Fonseca e Osíris Ferreira, presidente da Comissão Organizadora da Conferência Nacional para a Consolidação da Paz e do Desenvolvimento (COCN) da Guiné-Bissau; e por Julian Marin e Melissa Gómez Mesa, do Centro Fé e Cultura, na Colômbia. A moderação ficará a cargo de Ricardo Alexandre, jornalista.

 

A encerrar a conferência estará John Carlin, jornalista e autor do livro “Invictus – Playing with the enemy” que mais tarde deu origem ao filme “Invictus”.

 

O evento encerra o programa de homenagens do 100º aniversário do nascimento de Nélson Mandela, que teve início a 14 de julho, com seminários e encontros para celebrar a memória de um homem com uma capacidade notável de promover a paz e a reconciliação entre os povos.

A comemoração da data é promovida pela Academia de Líderes Ubuntu, projeto do Instituto Padre António Vieira e pela Fundação Montepio.

Conferência ‘Mandela, inspiração para os construtores de pontes’ | 18 de julho | Auditório Montepio | Rua do Ouro, 129

14h00 | Abertura

            António Tomás Correia (Portugal)

            Rui Marques (Portugal)

            Representante da Câmara Municipal de Lisboa

Martin Kalungu-Banda (Zâmbia)

 

14h45 | Mandela: o homem com uma notável imaginação moral inclusiva

            Willie Esterhuyse (África do Sul)

 

15h15 | Painel I: Construir pontes para a reconciliação e paz – caminhos percorridos e lições aprendidas

            John Volmink (África do Sul)

  1. Carlos Filipe Ximenes Belo (Timor-Leste)

            Geoffrey Corry (Irlanda)

            Yabah Bognini (Costa do Marfim)

Moderador: António Mateus (Portugal)

 

16h30 | Intervalo

17h00 | Painel II: Construir pontes para a reconciliação e paz – os desafios de quem começa

            Sihem Bensedrine (Tunísia)

  1. Domingos Fonseca e Osíris Ferreira (Guiné-Bissau)

            Julian Marin e Melissa Gómez mesa (Colômbia)

            Moderador: Ricardo Alexandre (Portugal)

 

18h30 | Encerramento

John Carlin (Reino Unido)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.