Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

"Grande Prémio Portugal Sou Eu" distingue o filme "Irmãos" de Pedro Magano no Festival Caminhos do Cinema Português

Festival Caminhos do Cinema Português

“Grande Prémio Portugal Sou Eu” distingue o filme “Irmãos” de Pedro Magano

 

 

O “Grande Prémio Portugal Sou Eu” foi entregue ao filme “Irmãos“, de Pedro Magano, durante a cerimónia de encerramento da XXI edição do Festival Caminhos do Cinema Português, que decorreu na passada sexta-feira, no Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra.

O “Grande Prémio Portugal Sou Eu”, atribuído na categoria “Seleção Caminhos” - a principal categoria em competição no festival e onde estão as principais obras produzidas em Portugal - é uma distinção especial e que premeia o que de melhor se produz no cinema nacional.

Do júri responsável pela atribuição do “Grande Prémio Portugal Sou Eu” fizeram parte Ana Rocha, Gonçalo Galvão Teles, Joaquim Leitão, Lauro António, Maria Vieira, Marta Rebelo e Rita Loureiro.

Este ano, o “Portugal Sou Eu” voltou a associar-se ao festival de cinema para reforçar a visibilidade do programa, alertando para a sua importância no crescimento da economia nacional e estimulando para a procura de produtos e serviços com o Selo “Portugal Sou Eu”.

Entre os dias 27 de novembro e 5 de dezembro, o “Portugal Sou Eu” participou em ações específicas do festival, nomeadamente, na secção “Caminhos Juniores” (uma programação que estimula os mais novos para o cinema) para sensibilizar as faixas etárias mais jovens.

A XXI edição do Festival Caminhos do Cinema Português contou com mais de 150 filmes em competição. As sessões competitivas do festival, “Caminhos” e “Ensaios”, foram mais de trinta, oferecendo ao público um verdadeiro caleidoscópio de identidades e possibilidades diferentes de fazer cinema.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.