Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Grândola Comemora 48 anos de Liberdade com mais de trinta iniciativas de entrada livre

image003 (1).png

A revolução de Abril é assinalada na Terra da Fraternidade, até ao final do mês, com um vasto programa comemorativo que inclui concertos, exposições, espetáculos, cinema, a iniciativa “Abril Flores Mil” e atividades em todas as freguesias do concelho.

As comemorações começam no dia 1 com a inauguração, no Jardim 1º de Maio, da exposição «O 25 de Abril ao Ar Livre», produzida pela Casa da Achada – Centro Mário Dionisio, dedicada às transformações mais significativas que o 25 de abril de 1974 originou, segundo um texto da autoria de João Martins Pereira.

Destaques do programa comemorativo dos 48 anos da revolução dos cravos:

Iniciativas programadas na Biblioteca e Arquivo do Município de Grândola: no dia 2, a abertura de duas Exposições comemorativas do centenário do nascimento de Artur Pastor, que vai contar com a atuação do Grupo Cramol com canções regionais e canto tradicional de mulheres;  no dia 23, as Comemorações do 1º aniversário da Biblioteca e Arquivo e do Dia Mundial do Livro;

O Cine Granadeiro recebe no dia 16 a apresentação de “Dentro de ti Ó Cidade”, um projeto multiartístico que inclui dança, música e poesia, e no dia 22, o espetáculo “Cantar Abril “– Canta Ary dos Santos.

O Cineteatro Grandolense volta a receber o Ciclo de Cinema “Abril Documental” com a exibição de “Para Sama”, “Santiago Itália”, “Uma Vida Alemã e “Mais um Dia de Vida”.

“Abril Flores Mil” volta à mesa dos restaurantes do concelho tendo como principal elemento as flores comestíveis, na área da cozinha criativa.

 

Comemorar Abril na Rua

Em Grândola, Vila Morena, o momento mais emblemático será sempre a noite de 24 de Abril, este ano com um sabor especial ao voltarmos a comemorar na Rua a noite da Liberdade.

Dino D’ Santiago e Golosa La Orquestra, uma banda internacional oriunda do Chile, são a aposta do Município de Grândola para os grandes concertos da noite. Mas a Festa da Liberdade começa às 20h15, no espaço exterior ao Complexo Municipal José Afonso, com animação do Grupeto do Coreto, a Corrida da Liberdade, a Arruada da Banda da SMFOG e o espetáculo de fogo de artifício piromusical.

O dia 25 é todos os anos comemorado com um simbolismo especial na terra que é indissociável da revolução de abril de 1974 e dos seus valores de democracia, fraternidade, igualdade, e que dá nome à canção que é um hino mundial de liberdade e resistência à opressão.

Às 11h00, nos Paços do Concelho, decorrerá  a cerimónia do Hastear da Bandeira, seguido da Sessão Comemorativa dos 48 anos do 25 de Abril.  À tarde, a festa regressa ao Jardim 1º de Maio com a atuação de grupos de música tradicional do concelho.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.