Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Grau Zero da Companhia ● Fevereiro ● Ballet Contemporâneo do Norte

   

e0cc1581-dfb2-4cd1-a704-3c446c387c64.jpg

 

 Fotografia de Susana Neves




Grau Zero da Companhia
SESSÃO #2 | 29 Janeiro 2020
Coreografia, Desempenho e Processo com
Joclécio Azevedo


 

Sala de ensaios do Cinetreatro António Lamoso
10h00- 12h30
Destinatários: Professores e amadores do espetáculo e outras artes; estudantes de artes; coletividades, associações e grupos
Inscrição gratuita e obrigatória: bcnproducao@gmail.com


 

Grau Zero da Companhia é um programa de formação para profissionais e amadores das artes performativas. O título, inspirado na obra seminal de Roland Barthes, precipita-nos para a abordagem à iniciação de técnicas que assistem à construção de uma companhia, existente, ou em formação. Os 8 laboratórios incidirão sobre funções e práticas que são centrais na atividade do BCN, e serão coordenados pelos seus colaboradores mais frequentes. O objetivo é questionar a ideia de "companhia" e assim antever estratégias para estarmos/trabalharmos juntos.

Sub-intitulado “Coreografia, desempenho e processo”, Joclécio Azevedo propõe um workshop de introdução ao processo coreográfico, onde os participantes serão incentivados a usar o corpo como ferramenta e como suporte para expor e combinar materiais coreográficos gerados a partir de práticas colaborativas. A coreografia será trabalhada enquanto prática emancipatória e abrangente, não limitada apenas à utilização da dança, mas integrando também a possibilidade de convocar o espaço, os objetos, a linguagem e o som enquanto elementos discursivos e performativos.

 

Joclécio Azevedo. Coreógrafo nascido no Brasil em 1969 e sediado no Porto desde 1990. Os seus trabalhos atravessam diferentes disciplinas artísticas, tendo-se dedicado mais intensamente à criação coreográfica a partir de 1999. Artista residente da Circular Associação Cultural em Vila do Conde a partir de 2012, coordenador do programa educativo da mesma associação desde 2018. Membro da direção plenária da GDA (Cooperativa de Gestão dos Direitos dos Artistas) e do Conselho de Curadores da Fundação GDA desde 2010. Desde 2013, participa regularmente como formador no FAICC – Formação Avançada em Interpretação e Criação Coreográfica da Companhia Instável. Em 2016 trabalhou como assistente convidado no Curso de Especialização em Performance na FBAUP. Colabora, desde 2016, com o grupo Sintoma – Performance, Investigação e Experimentação, orientado por Rita Castro Neves e desenvolvido pelo i2ADS Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto




Próxima sessões:
28 mar: Dramaturgia e Coreografia (Rogério Nuno Costa)
18 abril: Desenho de Luz (Daniel Oliveira)
30 maio: Fotografia de Cena (Miguel Refresco)

DESAFIA-TE sessão com Jorge Gonçalves

 

O Gabinete da Juventude de Santa Maria da Feira está a promover o início da nova edição do projeto "Desafia-TE", no qual o BCN é parceiro, em todas as escolas do concelho.

O Desafia-TE é um projeto de prevenção secundária na área educacional numa perspetiva comunitária e inclusiva, destinado a jovens que estudem no concelho, com idades compreendidas entre os 14 e os 18 anos.

O objetivo deste projeto é dar a oportunidade aos jovens de participar num conjunto de atividades, dinamizadas por parceiros locais, que lhes permitam o desenvolvimento de competências transversais relevantes para o seu desenvolvimento pessoal, integração social e construção do projeto de vida.

 Nas sessões para o projecto Desafia-te, cada um dos participantes, a partir da exploração do seu movimento particular, irá desenvolver as suas capacidades criativas de acordo com estados físicos e emocionais a serem propostos. Através de metodologias coletivas, os participantes irão colaborar entre si para desenvolver ferramentas de análise e composição sobre o trabalho que irão realizar.

Sobre Jorge Gonçalves.
Como independente trabalha no âmbito das artes performativas como curador, coreógrafo, dramaturgo, produtor, performer e professor. Foi co-fundador e diretor artístico da estrutura de programação de artes performativas MEZZANINE (2009-2017) e da Obra Madrasta (2008-2011). É licenciado em Engenharia (FEUP, 2002), tem o Curso de Dança Contemporânea do Balleteatro (2005) e o mestrado em coreografia, DAS Choreography (AHK, 2014). Desde 2006 que tem vindo a produzir e a apresentar o seu trabalho artístico em Portugal, Alemanha, Áustria, Espanha e Holanda. 


 

Direção Artística Artistic Director: Susana Otero
Documentação e Artista Associado Documentation and Associated Artist: Rogério Nuno Costa
Produção Executiva Executive Producer: BCN
Designer Jani Nummela

O BCN é uma estrutura financiada e apoiada:

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.