Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

GRUPO PESTANA MOSTRA UM NATAL COM INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

 

O Pestana Hotel Group inova com a produção do seu vídeo de Natal, protagonizado pelas equipas dos hotéis e por um Pai Natal, dotado de inteligência (emocional) artificial e reconhecimento facial.

 

O filme, que nos coloca na pele do observador, relata a entrada do personagem principal, que só se revela no fim, num universo clássico de hotel de luxo. Mas, à medida que avança e se cruza com os outros protagonistas, o ambiente torna-se altamente tecnológico e passamos a aceder à informação sobre cada um dos intervenientes, em ecrã digital. Estamos nada mais, nada menos a ser guiados pelo próprio Pai Natal que, julgando-se incógnito, está em ‘modo de trabalho’ e prepara os últimos detalhes. A surpresa é dupla no final quando se revela o protagonista que, por sua vez, é também surpreendido pela equipa Pestana que o reconhece desde o primeiro momento e o acolhe com um presente antecipado especial.

 

Nuno Ferreira Pires, Membro da Comissão Executiva do Pestana Hotel Group com o pelouro do Marketing Global, salienta que “Este ano quisemos voltar a inovar e desejar as Boas Festas a todos os nossos stakeholders da forma como vemos actualmente o mundo: altamente digitalizado, mas onde a componente humana e a beleza dos espaços são ainda mais cruciais. No Pestana everyone has the time of their lives, é a assinatura global que a marca criou para os 15 países onde está presente.”

 

O Pestana Palace Lisboa Hotel & National Monument e a Pousada de Lisboa em pleno Terreiro do Paço foram os cenários eleitos para as filmagens liderada pelo realizador Miguel Guerreiro. O vídeo já se encontra disponível nas redes sociais do Pestana Hotel Group e no canal You Tube.

 

Miguel Guerreiro realizou nos últimos dez anos inúmeras telenovelas e séries de ficção para os canais de TV nacionais, bem como a primeira co-produção entre a SIC e a Rede Globo de Televisão, vencedora de um Emmy Internacional. Em 2014 viu premiada a sua primeira curta-metragem, Early Release” e prepara agora, entre Portugal e o Reino Unido, a sua primeira longa-metragem de ficção, “Complicity”, a partir da peça de teatro “Blind Eye” de Susannah Finzi.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.