Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

HISTÓRIA estreia especial Nação Ariana

Nación Aria 001_br.jpg

 

Desde os atentados do 11 de setembro, tem havido um foco particular nas violentas ameaças externas aos Estados Unidos.

 

Contudo, o que é mais assustador é que, desde o 11 de setembro, foram mortos mais americanos por extremistas nacionais do que por qualquer outra força externa. Aliás, existe um grupo que promove esta violência mais do que qualquer outro: a Nação Ariana.

 

O canal HISTÓRIA estreia no dia 26 de dezembro, pelas 22h o Especial Nação Ariana.

Um especial que conta as histórias extraordinárias de três pessoas que se infiltraram em grupos extremistas para tentar destruí-los a partir do seu interior. No entanto, estes indivíduos inadvertidamente fazem parte da luta contra algo mais vasto: uma rede fechada de grupos americanos de supremacia branca que estão a tornar-se mais arrojados e mais fortes a cada dia.

 

Estes relatos impressionantes vão pôr a descoberto a história do “Ódio Branco na América” desde a sua fundação até aos elementos emergentes e perigosos da atualidade, através de uma recriação cinematográfica com imagens de arquivo, entrevistas com peritos e outros dispositivos para presentear os telespetadores com uma perspetiva única sobre os recantos mais sinistros da história americana.

 

 

HISTÓRIA

O HISTÓRIA emite as produções internacionais mais prestigiosas e apaixonantes da televisão como “World Wars”, “A Humanidade”, “O preço da História”, “Alienígenas”, e aposta na melhor produção própria com séries como “ Microassassinos”, “E de repente Teresa” e “Templários”. Um canal de referência que explora os feitos que transformam o mundo e aproxima o espectador da História. Uma forma de humanizar o passado, refletir o presente e iluminar o futuro.

Produzido por The History Channel Iberia, uma joint-venture entre a AMC International-Iberia e a A+E Networks, o HISTÓRIA é uma marca de prestígio internacional que está disponível em mais de 160 países e que chega a mais de 330 milhões de espectadores em todo o mundo. O canal é distribuído em Portugal na Meo, NOS, Cabovisão e Vodafone.