Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

“Homem Delírio”: Teatro físico/dança e música em Alhos Vedros

homem delirio.jpg

 

A Praceta Almada Negreiros, no Bairro Gouveia, em Alhos Vedros, recebe a 10 de agosto, pelas 22:00h, o espetáculo “Homem Delírio”, de Ricardo Mondim e “Um Corpo Estranho”, pela Passos e Compassos.

Este espetáculo, em que o teatro físico/dança e a música ao vivo partilham o mesmo palco, alerta para a guerra e para o consumo excessivo de recursos materiais que “tornou o mundo cinzento e inóspito onde a doença e o medo proliferam”.

“Arrastando a sua casa, Abelâmio deambula por entre os escombros, procurando a sorte. Ele é um homem sonhador e solitário, dotado de uma imaginação incrível, para quem nada é descartável e cada descoberta é uma oportunidade. Tem a vulnerabilidade de uma formiga, mas a sua sensibilidade é do tamanho de um elefante. Refugia-se num universo imaginário onde habitam gigantes, músicos, cantores, poetas, e seres estranhos. Tem a capacidade mágica de transformar o inútil em fantástico. Vive apenas dos restos dos outros e é feliz” refere a sinopse da peça.

 

Ficha Artística e Técnica

Criação e cenografia: Ricardo Mondim | Música: Um Corpo Estranho | Interpretação: Ricardo Mondim, Pedro Franco e João Mota | Produção e masterização: Sérgio Miendez | Figurinos: Zé Nova | Design: utopia-designers Fotografia: Xetubre | Desenho de luz: Sofia Belchior | Direcção técnica: António Machado | Produção: Sofia Belchior/ Passos e Compassos 2019 Apoios: Câmara Municipal de Palmela, República de Portugal | Secretário de Estado da Cultura e DGArtes – Direção-Geral das Artes + Info: www.passosecompassos.pt

 

Este espetáculo insere-se no programa “Cultura em Movimento” que pode ser consultado na íntegra em www.cm-moita.pt.