Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Inauguração da Exposição | “A Muleta do Tejo – Recuperar Memórias”

Inauguração da Exposição

“A Muleta do Tejo – Recuperar Memórias”

 

film (2).JPG

 

O Espaço Memória recebe, até 19 de agosto, a Exposição “A Muleta do Tejo – Recuperar Memórias”. Na inauguração, inserida na programação do Dia Internacional dos Museus, a 18 de maio, o Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Frederico Rosa, salientou que a muleta “é uma imagem de marca do Concelho”.

 

Histórias, Vivências e artefactos que integram o património material e imaterial do Barreiro estão representados nesta exposição iconográfica da embarcação tradicional do Rio Tejo. A mostra está patente de terça a sábado, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00. As Visitas Guiadas podem ser efetuadas mediante marcação para o número 21 206 81 85.

Considerando a mostra “um trabalho excecional”, o Presidente da CMB fez um agradecimento a todos os envolvidos na construção desta exposição e referiu que a muleta, “um dos símbolos maiores do Barreiro”, deverá estar a navegar, previsivelmente, em julho.

O Técnico da CMB, António Camarão, explicou quais os tipos de muleta do Tejo que existiam, as suas funções e a sua história e apresentou aos presentes todas as áreas da exposição.

A inauguração da exposição estiveram presente, além do Presidente da CMB, os Vereadores João Pintassilgo, Sara Ferreira, Rui Braga, o Presidente da Assembleia Municipal, André Pinotes Batista, e a Presidente da UF Barreiro e Lavradio, Gabriela Guerreiro.

A programação do Dia Internacional dos Museus incluiu também o Debate “Património Industrial como gerador de Conhecimento”, no Museu Industrial da Baía do Tejo (BT). Este evento contou com a presença da Vereadora da CMB responsável pela Cultura, Sara Ferreira, do Vogal Executivo do Conselho de Administração do Parque Empresarial BT, Sérgio Saraiva, Leal da Silva e Condinho de Araújo, ligados à CUF, e Pedro Costa, professor do ISCTE, como moderador. Esteve, ainda, na sessão, o Vice-Presidente da CMB, João Pintassilgo.

A encerrar a noite, no Edifício A4, junto ao mural de VHILS assistiram-se a sessões de cinema integradas no “Circuito Itinerante Arquiteturas Film Festival 2017 – Barreiro” - Trienal de Arquitetura de Lisboa.

 

CMB