Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Índia tribal em exposição no Museu do Oriente :: Gratuito


Mais de duas centenas de jóias e objectos de culto da Índia tribal,
recolhidos in loco no decorrer de uma investigação iniciada em 2004, estão
reunidos na exposição "The Dance of the Peacock", da joalheira Tereza
Seabra, para visitar a partir de 16 de Abril no Museu do Oriente.

 

Ao abrigo de uma bolsa da Fundação Oriente, Tereza Seabra empreendeu uma
viagem de três meses à Índia que lhe permitiu um olhar abrangente sobre as
principais tribos dos estados de Chhattisgarh (região de Bastar) e de Orissa
(distritos de Koraput e Rayagada) e sobre as suas jóias, não só sob o ponto
de vista técnico e formal, mas também no seu contexto sociocultural e
religioso.

 

Nestas regiões recônditas, Tereza Seabra observou em primeira mão a forma
como a vida se organiza, desde tempos imemoriais, em torno dos locais do
quotidiano, como é o caso dos mercados, bem como dos rituais, objectos e
lugares de culto.

 

Esta exposição, que reúne cerca de 250 objectos e fotografias, reflecte a
enorme riqueza humana e artística deste território cultural, onde se cruzam
costumes e tradições ancestrais que se traduzem em criações singulares.

 

De diferentes tipologias e materiais, de onde se destacam prata e latão, as
peças incluem adornos de utilização quotidiana, cujas formas se mantêm
inalteráveis há séculos. Exemplo disso são as pulseiras para os tornozelos,
usadas ainda hoje pelas mulheres da tribo Dongria Khond, idênticas às da
deusa Danteshwari Mata na lenda da fundação do reino de Annam Deo (actual
estado de Bastar) .     

 

Entre os ídolos e objectos de culto, destaca-se uma rara pulseira da tribo
Muria (Chhattisgarh), em torno da qual se realizam rituais de fertilidade.
De impressionante construção e simbolismo, nela estão representadas figuras
humanas e animais, em actividades ligadas à agricultura, central na vida
desta tribo.

 

Este universo encontra-se em profunda transformação, face às alterações
socioeconómicas e culturais do território, uma realidade também ilustrada
pelas fotografias da própria Tereza Seabra e pelos vídeos Tribal India e The
Artisans of Myth, de Rosa João Tyszkiewicz, ao longo da exposição.   

 

Fruto de um projecto de pesquisa, recolha e registo, esta exposição é assim
um trabalho de memória futura que pode ser visitado até 14 de Junho.

 

Exposição

"The Dance of the Peacock"

Jóias e objectos de culto da Índia tribal

16 Abril a 14 Junho

de Tereza Seabra, Bolseira da Fundação Oriente

Lounge

Entrada Gratuita

Inauguração: 16 de Abril, 18.30

 

Museu do Oriente, Avenida Brasília | Doca de Alcântara (Norte) | 1350-362
Lisboa

Tel.: 213 585 200 | E-mail:  <mailto:info@foriente.pt> info@foriente.pt

 <http://www.museudooriente.pt> www.museudooriente.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.