Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Inscrições a decorrer: Ações de Formação sobre Interpretação e Comunicação do Património a Norte

Jornadas Técnicas Interpretação e Comunicação do Património a Norte

«Do conhecer ao dar a conhecer»

 

 

A Direção Regional de Cultura do Norte promove, de abril a junho, quatro jornadas técnicas (ações de formação) orientadas para a interpretação e comunicação do Património a Norte.

Inscrições a decorrer: https://bit.ly/2IIa7VI  A inscrição é gratuita, mas obrigatória.

«Do conhecer ao dar a conhecer» é o mote destas jornadas técnicas que decorrerão nas submarcas turístico-promocionais da Região Norte: Porto, Minho, Douro e Trás-os-Montes, tendo como objetivos:

• Conhecer os princípios da interpretação do património e aplicar estes princípios à comunicação interpretativa das Catedrais que integram o programa Rota das Catedrais a Norte;

• Qualificar e sensibilizar os destinatários para a adoção de boas práticas na organização, planificação e realização de visitas guiadas ao Património a Norte, com especial enfoque nas Catedrais.

Esta iniciativa integra a Operação Rota das Catedrais a Norte (NORTE-04-2114-FEDER-000061), sendo cofinanciada pelo Programa Operacional Norte 2020. 

O parceiro científico e de creditação da formação é a Escola Superior de Hotelaria e Turismo, do Instituto Politécnico do Porto.

Destinatários
• Técnicos de informação e animação turística
• Técnicos especialistas em Turismo Cultural e do Património
• Guias-Intérpretes
• Técnicos de agências de viagens

Programa
• Vila Real - 23 e 24 de abril de 2018
Arquivo Distrital de Vila Real, avenida Almeida Lucena, n.º 5;

• Bragança - 7 e 8 de maio de 2018
Auditório Paulo Quintela, rua Abílio Beça nº77;

• Braga - 14 e 15 de maio de 2018
Museu dos Biscainhos, rua dos Rua dos Biscainhos, n.º 31;

• Porto - 11 e 12 de junho de 2018
Casa Allen, rua António Cardoso nº175.



Conteúdos formativos
• PATRIMÓNIO: DO CONHECER AO DAR A CONHECER
o Informação e interpretação: duas ações complementares ou antagónicas?
o A comunicação interpretativa.
o Os princípios de interpretação do património.
o A importância da interpretação do património para o planeamento do turismo cultural/patrimonial
o Os 7 passos para promover a adesão ao Património Cultural: significado e alcance.
o (RE) VI (R) VER o património: o Ano Europeu do Património 2018.

• A CATEDRAL: CASA DE DEUS E DO HOMEM
o Dimensão histórica.
o Dimensão política, económica e sociológica.
o Dimensão cultural e religiosa.
o A relação tempo/homem/espaço.

• A COMUNICAÇÃO E O MARKETING
o A memória digital como auxiliar da memória e das memórias. 
o Os painéis interpretativos vs os painéis informativos.
o Os diferentes públicos: como aprendem e retêm a informação?
o Estratégias a seguir no planeamento dos assuntos e objetivos interpretativos para a elaboração de um programa cultural.

Nota: Os conteúdos teóricos serão aplicados, na prática, nas visitas às catedrais ou sés das respetivas Cidades.

Formador
• Profª. Carla Sofia Queirós
Docente na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto.

Duração de cada ação
• 14 horas (2 dias) – das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00.

Inscrição e Seleção de Formandos
• Inscrição gratuita, mas obrigatória, devendo ser efetuada, até 18 de abril, através do link https://bit.ly/2IIa7VI 
• Cada ação de formação terá o máximo de 25 formandos, sendo a sua seleção efetuada através da análise da respetiva formação académica, situação profissional atual e experiência profissional anterior.

Assiduidade e certificação
• A Direção Regional de Cultura do Norte e a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Instituto Politécnico do Porto emitirão no final da formação um certificado de participação, desde que o formando tenha assiduidade a todos os módulos da ação de formação.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.