Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

JOVENS DE FAMALICÃO LEVAM ARTE URBANA PARA O MEIO RURAL E CONVERTEM LENDAS E TRADIÇÕES DAS FREGUESIAS EM PINTURAS MURAIS

PROJETO URBAN YOUTH ESTARÁ EM OITO FREGUESIAS ATÉ FINAL DO ANO E EM 16 ATÉ 2020

 

As lendas e tradições das freguesias de Vila Nova de Famalicão estão a ser reveladas através da representação artística em pinturas murais espalhadas por todo o concelho.

Denominado Urban Youth, o projeto resulta de uma parceria do Pelouro da Juventude do Município de Famalicão, a partir da Casa da Juventude, com o Centro Artístico - A Casa Ao Lado. Até final deste ano, o projeto estará concluído em oito freguesias, estando já previstas mais oito pinturas murais, todas em freguesias diferentes, nos próximos dois anos.

"Sob a nossa orientação, os trabalhos estão a ser executados por jovens de Famalicão, sendo que o objetivo passa por proporcionar-lhes a oportunidade de usufruir da experiência artística e de adquirir valores no sentido de promover uma cidadania mais participativa", conta Ricardo Miranda, diretor artístico do Centro Artístico - A Casa Ao Lado.

"Esta descentralização da arte urbana para os meios rurais tem sido muito bem acolhida nas freguesias e até têm sido os próprios presidentes das Juntas a contactar o Pelouro da Juventude, de forma a usufruirem do projeto", revela Ricardo Miranda, que confessa a ambição de "ver esta iniciativa cobrir as 48 freguesias de Famalicão para, no final, produzir um livro ilustrativo de toda a obra realizada".

Com pinturas murais já concluídas em diversas freguesias - Sinçães, Requião, Jesufrei, zona das Lameiras e Santiago D'Antas -, está agendada para a tarde de amanhã, sábado, dia 17, a inauguração de mais uma pintura mural do projeto Urban Youth, no parque infantil das Camélias, na freguesia de Bairro.

Ao longo de 24 metros de comprimento, este mural da autoria de 15 jovens famalicenses ilustra a forte ligação daquela localidade ao barro e à cerâmica, potenciada pela Fundação Castro Alves que, desde 1979, com a criação da Escola de Cerâmica Artística, formou centenas de crianças que se tornaram artesãos de excelência, reconhecidos em todo o país.

Até final do ano, o Urban Youth avançará ainda com mais dois projetos, a realizar na Associação Dar as Mãos, em Vila Nova de Famalicão, e na freguesia de Gavião.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.