Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

JUNHO/JULHO: Esta noite grita-se - Ruínas, de Sarah Kane

2ª TEMPORADA DE LEITURAS DE TEATRO

Esta noite grita-se - Ruínas, de Sarah Kane

256ad269-a1d8-42ae-90fd-ebc9876fa2b3.jpg

 

JUNHO/JULHO 2018

 

O Esta noite grita-se, projeto de leituras de textos de teatro em espaços de Lisboa, vai levar ao palco Ruínas da dramaturga inglesa Sarah Kane. Mesmo quem conhece a curta mas marcante obra da malograda autora londrina não deixará de sentir um certo incómodo perante a peça Ruínas que, aquando da sua estreia na Londres de 1995, foi fortemente criticada pelo seu conteúdo chocante e acusada de mostrar a violência com o único intuito de chocar. No entanto esta, que é a sua primeira obra, foi posteriormente reconhecida mundialmente juntamente com o resto das suas peças.
 

A história decorre num quarto de hotel onde se instala Ian, um jornalista, e a sua ex-namorada Cate. Lá fora decorre uma guerra que irrompe para dentro deste espaço que se torna cada vez mais asfixiante e grotesco. A visita de um Soldado que abusa de Ian e que depois se suicida, a tentativa de Cate de salvar um bebé moribundo e a destruição do quarto por um morteiro, criam o setting para nos debatermos com a ideia de violência. A que ocorre à nossa volta e que está dentro de nós.


Não fosse termos reunido mais um excelente conjunto de actores convidados pareceria impossível trazer o universo de Kane a público. Contamos, no elenco, para além da presença habitual de Filipe Abreu, com os maravilhosos Bruno Bernardo, David Pereira Bastos e Rita Cabaço, dirigidos por Miguel Maia.


Para comemorar o final da 2ª temporada, no dia 30 de Junho, na Fábrica Braço de Prata, será inaugurada a exposição “55 personagens à procura de uma fotógrafa”, de Sónia Godinho, fotógrafa que documentou desde o início esta programação.

 

dia 29 de Junho, às 21h30, no Irreal
dia 30 de Junho, às 21h00, na Fábrica Braço de Prata
dia 1 de Julho, às 17h00, no IFICT