Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

‘KILLER IN QUESTION’ Um duplo homicídio de 1990 é revisitado nesta série em que o ‘assassino’ clama inocência após 18 anos atrás das grades

Um duplo homicídio de 1990 é revisitado nesta série em que o ‘assassino’ clama inocência após 18 anos atrás das grades

Estreia quarta-feira, 6 de janeiro, às 22:00h

 

image002 (1).jpg

 

A verdade pode estar à espreita em cada homicídio. O que acontece quando os envolvidos no caso discordam quanto à verdade? O que terá realmente acontecido? Esta série procura respostas para as perguntas e centra a sua investigação nas histórias de casos em que o veredicto continua a ser desafiado. Ao percorrer passo a passo o local do crime, os interrogatórios principais e as novas provas, cada episódio narra as duas versões de uma história. 

 

No episódio de estreia de ‘Killer in Question’, intitulado ‘The Hunted’, conhecemos um caso intrigante que envolveu dois caçadores norte-americanos, Doug Estes e Jim Bennett, assassinados em 1990. Os seus corpos foram encontrados a 17 de novembro, numa zona de caça nos bosques do Condado de Kalamazoo, no Michigan. Inicialmente a polícia centrou as suas investigações em Jeff Titus, o proprietário de umas terras próximas da cena do crime, mas as suspeitas dissiparam-se após testemunhas confirmarem o seu alibi. No entanto, uma década mais tarde, uma unidade especialmente dedicada a casos arquivados voltou à pista de Titus e conseguiu encontrar provas incriminatórias para o colocar na cadeia. Atualmente, Titus cumpre pena de prisão perpétua pelo duplo homicídio desde 2002, contudo o ex-polícia continua a clamar a sua inocência. Um caso para ver nos dias 6 e 13 de janeiro a partir das 22:00h.

 

Em ‘Killer in Question’ as conclusões são expostas para serem alvo de julgamento do público. Terá sido feita justiça, ou será que as provas não apresentam coerência? Uma série a estrear dia 6 de janeiro de 2021 no ID, o canal de crime real exclusivo da NOS (posição 74).

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.