Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

LANÇADA A 9ª EDIÇÃO GRANDE PRÉMIO DE CRÓNICA E DISPERSOS LITERÁRIOS APE/C.M. DE LOULÉ

Grande Prémio.jpg

Pela 9ª vez, o Grande Prémio de Crónica e Dispersos Literários, iniciativa conjunta da Associação Portuguesa de Escritores e Câmara Municipal de Loulé, abre as candidaturas aos autores e respetivas publicações que se tenham destacado neste estilo literário.

O Prémio destina-se a galardoar anualmente uma obra em Português, de autor português, publicada em livro e em primeira edição, no ano anterior ao da sua entrega (neste caso referente a 2023), nos domínios da crónica e dos dispersos literários reunidos em volume.

A partir desta quarta-feira, 24 de janeiro, os candidatos deverão enviar cinco exemplares da obra à APE (Rua de S. Domingos à Lapa, 17 – 1200-832 Lisboa), destinados aos membros do júri e à Biblioteca Municipal Sophia de Mello Breyner Andresen, em Loulé, devendo ser entregues até 21 de fevereiro.

Para premiar o vencedor será atribuído um valor pecuniário de 15 mil euros.

A direção da APE designará os três elementos que constituirão o júri. No prazo de trinta dias será deliberada a decisão final do júri.

A entrega do Grande Prémio ao autor galardoado ocorrerá numa cerimónia pública em Loulé, integrada nas comemorações do Dia do Município (9 de maio).

Recorde-se que esta iniciativa alcançou já um lugar de destaque nas Letras portuguesas, sobretudo pelos prestigiados autores que receberam o Prémio ao longo dos anos, como José Tolentino de Mendonça, Lídia Jorge ou Miguel Esteves Cardoso.