Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

LITERATURA - "Até que as ondas percam o sal": o resgate da vida apresenta Danilo de Albuquerque a Portugal.

Obra literaria.jpg

 

“Até que as ondas percam o sal”: o resgate da vida
apresenta Danilo de Albuquerque a Portugal

Primeiro romance do escritor brasileiro é lançado no próximo dia 19 de Maio, pelas 18h30, na FNAC do Norteshopping

“Até que as ondas percam o sal” é o primeiro romance do autor brasileiro Danilo de Albuquerque, que será lançado em Portugal no próximo dia 19 de Maio, pelas 18h30, na FNAC do Norteshopping. Com a chancela da editora Luz da Razão, este é o primeiro livro que o autor lança no nosso País.

Nesta obra, Danilo de Albuquerque traça um retrato da vida contemporânea e os seus reflexos na dignidade humana, assumindo uma projecção universal, muito além das questões culturais brasileiras. “O nosso quotidiano tem vindo a tornar-se cada vez mais veloz e as informações, distribuídas freneticamente em forma de pílulas e recheadas de interesses escusos, têm afectado sobremaneira a capacidade reflexiva das pessoas”, diz o autor, frisando que “o valor que se tem atribuído ao indivíduo é cada vez mais relativizado em nome das convenções”. Daí que quando o peso de uma decepção é insuportável, retomar o protagonismo da própria vida trata-se de uma questão de sobrevivência.

É esta a premissa a partir da qual se desenvolve o enredo de “Até que as ondas percam o sal”. Um homem de trinta e poucos anos muda-se para uma comunidade caiçara em Ilhabela e entre praias paradisíacas e porções intocadas da Mata Atlântica transforma a sua concepção do mundo, à medida que explora o local e investiga alguns mitos. Ninguém sabe o seu nome, passado, nem o seu maior segredo. Até que aparece Morgana, uma jovem professora, que desbrava as regiões mais obscuras das suas inquietações. “Até que as ondas percam o sal” é, assim, um romance envolvente e repleto de surpresas, que trata sobretudo da dignidade humana, dos processos de amadurecimento pessoal e dos absurdos da vida contemporânea.

Pela primeira vez editado em Portugal, Danilo de Albuquerque é uma das novas revelações das letras brasileiras e promete conquistar os leitores portugueses. No que diz respeito aos autores lusos, tem em José Saramago o escritor com quem mais se identifica. “O Evangelho Segundo Jesus Cristo impactou profundamente a minha visão do mundo”, diz o escritor brasileiro, que ultimamente se tem debruçado sobre outras referências da literatura portuguesa, como João Tordo ou Valter Hugo Mãe.

O autor

Danilo de Albuquerque nasceu em São José do Rio Preto, Brasil, corria o ano de 1983. Trinta anos volvidos muda-se para o Rio Grande do Sul, onde continua a residir. Formado em Direito, tem uma pós-graduação em Direito Penal Económico pela Universidade de Coimbra, exercendo ainda funções na área do ensino, como professor. Desde cedo que escreve ficção, sendo que as suas primeiras histórias remontam a 1994. Estreou-se na edição em 2015 com a colectânea de contos “Punhos de Palha”, editado pela Amazon. “Até que as ondas percam o sal” é o seu primeiro romance.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.