Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Livros com RUM leva poesia portuense à Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva

Livros com RUM.jpg

 

Ciclo "A Literatura e os Autores ao Vivo" conta com apoio do grupo dst

LIVROS COM RUM LEVA POESIA PORTUENSE

À BIBLIOTECA LÚCIO CRAVEIRO DA SILVA

*Daniel Maia-Pinto Rodrigues apresenta “Dióspiro”

 

Daniel Maia-Pinto Rodrigues, poeta da Invicta e um dos mais ativos dizedores e divulgadores da poesia na cena literária portuense dos anos 80 e 90, é o convidado do programa 'Livros com RUM', que se realiza no próximo dia 20 de Maio, às 15h30, em Braga. A decorrer pela primeira vez na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva (BLCS), a iniciativa pretende levar 'A Literatura e os Autores' à conversa, através de um programa radiofónico gravado ao vivo que proporciona aos interessados e amantes da Literatura um contacto direto com os autores, numa experiência verdadeiramente enriquecedora. A entrada é livre.

Daniel Maia-Pinto Rodrigues leva para esta conversa a antologia poética 'Dióspiro', que reúne textos de 1977 a 2007. "Dificilmente se encontraria título mais feliz do que "Dióspiro" para baptizar a poesia reunida de Daniel Maia-Pinto Rodrigues. Não se pode descascá-lo com faca, como se faz às vulgaríssimas pêra ou maçã, e comê-lo num restaurante à colherada. Nem convirá comê-lo com os olhos, pois, a não ser em contra-luz, não é um fruto que se possa dizer bonito. "Dióspiro" é também o título de um dos mais exemplares e emblemáticos poemas de Daniel Maia-Pinto (citado de Wook).

O Ciclo Livros com RUM - a Literatura e os Autores ao Vivo é uma iniciativa conjunta da Rádio Universitária do Minho e do Conselho Cultural da Universidade do Minho, com o apoio do grupo dst e agora também com a colaboração da BLCS

Sobre o autor
Daniel Maia-Pinto Rodrigues escreveu, desde 1983, um vasto conjunto de obras, entre as quais se destacam a reedição da obra O Valete do Sétimo Naipe com prefácio de Mário Cláudio, em 2005, e O Diabo Tranquilo, em colaboração com Isabel Rio Novo, em 2004, assim como a representação dos seus trabalhos em diversas antologias poéticas, como por exemplo Os Poemas da Minha Vida, por Marcelo Rebelo de Sousa.

Em 1993, a sua obra A Próxima Cor recebeu o 1º Prémio Nacional Foz-Côa-Cultural e Menção Honrosa / Novos Valores da Cultura, atribuída pelo Ministério da Educação e Cultura, segundo parecer do Júri constituído por Fiama Hasse Pais Brandão, Vasco Graça Moura e José Fernando Tavares (em representação do Clube Português de Artes e Ideias).

Daniel Maia-Pinto Rodrigues tem mantido uma colaboração assídua com diversas publicações periódicas generalistas e especializadas, onde foram publicados textos de sua autoria. Recitou os seus poemas em diferentes salas de espetáculo e cultura entre os quais são de salientar o Teatro D. Maria II e a Fundação Ciência e Desenvolvimento / Teatro do Campo Alegre, tal como em inúmeras Bibliotecas e Feiras do Livro de diversos pontos do país.

Política de responsabilidade social do grupo dst

O grupo dst tem uma política de responsabilidade social baseada em estratégias de sustentabilidade que contemplam a preocupação com o bem-estar coletivo e com os efeitos sociais e ambientais da sua atividade. Entre as diversas iniciativas, o grupo atribui maior importância à solidariedade social, à cultura, à arte e à educação.

 

'Livros com RUM' - 'A Literatura e os Autores'

Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva - Braga

Com Daniel Maia-Pinto Rodrigues

20 Maio (sábado) | 15h30

Entrada livre

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.