Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

M.I.A., L7, The Slits e Milford Graves no IndieMusic

1.jpg

 

 

M.I.A., L7, The Slits e Milford Graves no IndieMusic

A música é um dos pontos fortes da programação do IndieLisboa em 2018: revelamos a programação IndieMusic, secção competitiva em diálogo constante com a programação nocturna de festas e concertos, o IndiebyNight. Para que a experiência se prolongue e fique para sempre na memória de quem esteve presente! Melhor do que escrever é mostrar: deixamos um teaser da secção, para abrir o apetite. Das L7 a M.I.A., de Betty Davis a Ryuichi Sakamoto passando pelo epicentro nova-iorquino Studio 54, pela música electrónica francesa e pela Etiópia, está aqui tudo, a história da música pronta a ser revisitada.

Betty - They Say I'm Different (Phil Cox)
Ethiopiques - Revolt of the Soul (Maciek Bochniak)
French Waves (Julien Starke)
Here to be Heard: The Story of the Slits (William E. Badgley)
Hip to da Hop (António Freitas e Fábio Silva)
L7: Pretend We're Dead (Sarah Price)
MATANGI / MAYA / M.I.A. (Steve Loveridge)
Milford Graves Full Mantis (Jake Meginsky e Neil Young)
Não Consegues Criar O Mundo Duas Vezes (Catarina David e Francisco Noronha)
Ryuichi Sakamoto: Coda (Stephen Nomura Schible)
Studio 54 (Matt Tyrnauer)
Teenage Superstars (Grant McPhee)

Warm-up IndieMusic: abrindo as hostes

Porque a música sabe bem quando celebrada entre amigos, convidamos-vos a juntarem-se a nós numa festa na Casa Independente, no dia 9 de Março, a partir das 23h. Uma noite que homenageia bandas e músicos dos filmes em competição no IndieMusic, a cargo dos programadores Carlos Ramos e Mickael Gaspar, com Cláudio Martins (Sleep Patterns) e Rafael Bento (Lost Soul), autores da banda sonora do documentário Hip to da Hop, como convidados especiais.

Juntam-se a nós nesta noite as vozes e acordes de: The Slits, Sex Pistols, The Clash, Raincoats, The Pastels, The Vaselines, Jesus and Mary Chain, Teenage Fanclub, Primal Scream, BMX Bandits, Nirvana, Superpoze, Jacques, Dimitri From Paris, Justice, Daft Punk, Laurent Garnier, Betty Davis, Jimi Hendrix, Sly Stone, Ethiopiques, Ryuichi Sakamoto, L7, Nick Cave, Courtney Love, Joan Jett, Veruca Salt, Milford Graves, Minutemen, Sonic Youth, Meat Puppets, Einsturzende Neubaten, Sylvester, Michael Jackson, Cher, Rolling Stones, MIA, Afrikan Boy

O corpo pode já mexer ao som de uma fantástica playlist, para abrir o apetite.

Serão 11 dias de cinema, música, concertos e festas, de 26 de Abril a 6 de Maio. Até lá!

 

Júri IndieMusic: Maria Reis, Gonçalo Frota e Pedro Santos

O júri IndieMusic é composto por Maria Reis, das Pega Monstro, que desde os 15 anos colabora com a Cafetra Records como editora, programadora, designer e produtora, Gonçalo Frota, que escreve habitualmente no jornal Público e colabora com a revista inglesa Songlines, e Pedro Santos, fundador da Flur e programador de música na Culturgest.



John Parish no IndieLisboa

Relembramos que o filme-concerto do músico John Parish, Screenplay, será apresentado pela primeira vez em Portugal numa iniciativa do IndieLisboa, em colaboração com a Culturgest, e o Hard Club.

Screeplay acontece no Hard Club, no Porto, dia 3 de Maio, às 21h30 e em Lisboa no Grande Auditório da Culturgest, no dia 4 de Maio, às 21h30, integrado na programação do IndieLisboa.

Bilhetes já à venda nas salas e na Ticketline (15€).

Screenplay é um álbum e um concerto do aclamado compositor, músico e produtor John Parish, habitual colaborador de PJ Harvey, e também conhecido pelo seu trabalho com Eels, Giant Sand, Rokia Traoré ou Aldous Harding (de quem produziu o seu álbum de estreia Party, considerado um dos melhores de 2017), entre outros.

Para mais informação, acompanhe o evento no fb em Screenplay – John Parish