Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

MADAME LUCI - CARA - Registo de estreia chega às lojas na primeira metade de 2017. "Embuste" é o single de apresentação de "Cara".

43917fac-2e86-4194-9b65-b796e9ece2e9.jpg

 

MADAME LUCI - CARA 
O primeiro registo da banda de Lisboa chega às lojas na primeira metade de 2017. "Embuste" é  o single de apresentação e pode ser ouvido aqui. 

Rock, pop, neo isto, neo aquilo, música de baile... talvez.
Isto é um pouco o que nos espera na música dos Madame Luci mas pouco do que representam. A música é feita para todos, desde o Chiado, ao Urzal. Feita para todos. Para os que celebram, para os zangados, para os que comem em casa ou para os que ajeitam a roupa antes de sair para jantar. Quem não acredita, é porque ainda não caiu no "Embuste", primeiro single do álbum "Cara" que sairá na primavera.

Madame Luci nasceu da urgência criativa de Nuno Canina (Os Golpes, The Mighty Terns) e Nuno Lacerda (The Mighty Terns). Com um passado musical completamente díspar, mas ligados por uma forte amizade, foram encontrar na irreverência de João Bicho e na guitarra blues de Hugo Furtado, ambos estreantes, a confirmação de que o rock português continua a ter caminhos bravios por explorar. 

"Embuste", canção que não engana, ganha forma, movimento e cor pelas mãos de Ricardo Oliveira, o realizador deste vídeo que utiliza a imagética e humor que nos transporta para os filmes de Wes Anderson. É um vídeo que não vai deixar quem o vê indiferente... Até porque é exactamente com as diferenças, em jeito de "últimas páginas do jornal de Domingo", que Madame Luci nos mostra que "Embuste" é preciso ver e rever.

"Embuste" chega ainda coberto de sal para anunciar o final do Verão. Trata-se do single de estreia do primeiro EP dos Madame Luci, "Cara", a sair no início de 2017, e mostra o lado celebratório de um trabalho que só ficará completo com "Coroa" - para este reserva-se o direito de se poder cantar as dores.