Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Mafalda Mendonça: a artista que quer partilhar com o mundo a razão impetuosa que rente à alma a faz pintar

Outlook-kvf5osnz.png

 

A exposição chama-se Journey Through Infinity e será apresentada na galeria Welcome to Art no Príncipe Real, Lisboa, até dia 27 de junho. Uma viajem pela mão da artista Mafalda Mendonça,  uma “eternizante” de histórias de amor – o local onde a obra ganha densidade e uma suprema razão de ser.

 

Arquiteta de profissão, foi na pintura e na ilustração que Mafalda Mendonça mergulhou mais fundo e se apaixonou. Depois de apresentar algumas das suas coleções no Brasil e na Foire Internationale du Dessin, em Paris, a artista revela, agora, a sua obra bem aqui perto de nós: na galeria Welcome to Art, no Espaço da Embaixada em Lisboa.

 

A exposição chama-se “Journey Through Infinity”, ou, em português, Percurso Pela Infinitude, e divide-se entre acrílicos sobre tela, onde Mafalda imprime histórias de amor como as de Frida Kahlo e Diego Rivera, assim como a de Salvador Dali ao lado de Gala – como que um impulso reflectido na tela, um coeficiente subjetivo que se tornou concreto, denominador comum de uma forma de arte sensível e sincera que a artista tanto admira e cujo âmago tenta conhecer melhor. Mas o destaque da exposição vai para o quadro “As Paixões de Picasso”, um políptico, isto é um quadro que é associado em 9 telas.

 

Haverá também espaço para ilustrações em aguarela - com interpretações pessoais da artista – algumas delas sobre o clássico de Lewis Carroll, “Alice no País das Maravilhas”, recriações de memórias de infância - e ainda óleos sobre tela com várias figuras de bailado, que representam na perfeição uma das outras grandes paixões de Mafalda: a dança.

 

A exposição estará presente na galeria Welcome to Art, em Lisboa, entre os dias 14 e 27 de junho.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.