Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

MAIO NO MUSEU NACIONAL DA MÚSICA | Dia Internacional dos Museus, Noite dos Museus e muito mais

MAIO NO 

MUSEU NACIONAL DA MÚSICA

 

 

 

BANNER%2018%2021%20MAIO%20cccccc.jpg

 

O tema proposto para 2016 - "Museus e Paisagens Culturais" –, visa promover a ideia de museu enquanto centro territorial de uma protecção activa da paisagem cultural. Essa função pode ser exercida em diferentes níveis, nomeadamente através da sensibilização das comunidades para o papel interventivo que podem desempenhar na conservação e valorização deste universo patrimonial tão vulnerável, e contribuir para minimizar a sua degradação ou até mesmo o seu aniquilamento. 

No Dia Internacional dos Museus e na Noite dos Museus, o Museu Nacional da Música oferece actividades que visam promover o convívio entre públicos diversos (com concertos de música erudita e popular, actividades para crianças, cinema mudo, quizz musical e muito mais), mas também um diálogo efectivo entre os visitantes e o museu, nomeadamente através de eventos que evidenciam o papel crucial da comunidade na divulgação da colecção, como é o caso do concerto Um Músico, Um Mecenas. 

No dia 18 de Maio os Museus, Palácios e Monumentos da DGPC têm Entrada Livre. Na Noite dos Museus, 21 de maio, os Museus, Palácios e Monumentos da DGPC estarão abertos gratuitamente a partir das 17h30.

dia%20museus%202016.jpg

 

 

DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS | 

18 de Maio 

Museu Nacional da Música | 10:00 às 18:00

 

Entrada Livre 

NO EXTERIOR do museu

10:30 - 13:00 | Oficina de construção de instrumentos musicais com materiais reciclados| 

Público-alvo: Crianças dos 4 aos 12 anos ; inscrição prévia: geral@mnmusica.dgpc.pt ou do telefone 217710990

17:00 |  Orquestra Ligeira da Carris

Público-alvo: público em geral

NO INTERIOR do Museu

 

10:00 -11:30 | Visita guiada ao museu 

​| Exposição permanente | 

Inscrição prévia: geral@mnmusica.dgpc.pt ou tel. 217710990

Público-alvo: público em geral

11:30 - 12:30 | Liszt: Uma visita a Lisboa

Visita conduzida pelo historiador João Mendes Pinto e ilustrada com momentos musicais pelo pianista Philippe Marques. | Inscrição prévia: geral@mnmusica.dgpc.pt  ou tel. 217710990 | https://www.youtube.com/watch?v=KoycFQD2yb8 | Público-alvo: Jovens e adultos

14:30 | O concurso A minha escola adopta um museu, um palácio, um monumento consiste na criação de trabalhos sobre o património português (escrita, artes visuais, artes performativas, etc), por parte de equipas de alunos de todo o país e de todos os ciclo de ensino, também do ensino especial.

Terá em 2016 a sua cerimónia oficial de entrega de prémios no Auditório da Estação Alto dos Moinhos, beneficiando assim da parceria existente entre o Museu Nacional da Música e o Metropolitano de Lisboa. Segue-se a inauguração da exposição dos trabalhos premiados no concurso, a decorrer no interior do Museu Nacional da Música.

Público-alvo: público em geral

18:00 | Um Músico, Um Mecenas 2016

Violoncelo Stradivarius Chevillard - Rei de Portugal (1725) e piano Bechstein (1925) | 

Levon Mouradian e Marina Dellalyan | Schubert, Schumann e Chopin

Programa e currículo dos músicos em anexo. 

Público-alvo: público em geral | Sujeito à lotação da sala

__________________________________

NOITE DOS MUSEUS | 

21 de Maio 

Museu Nacional da Música | 18:00 às 24:00

 

Entrada Livre 

18:00 | Domingos Bomtempo: A paisagem da cultura musical portuguesa no Primeiro Liberalismo 

Uma visita guiada pelo historiador João Mendes Pinto seguida de recital de piano por Philippe Marques. | Público-alvo: público em geral | Inscrição prévia: geral@mnmusica.dgpc.pt  ou tel. 217710990

19:30 | Cinema Mudo | Buster Keaton |Seven Chances | musicado ao piano por Charlie Mancini Público-alvo: público em geral

21:30 | GOLDEN SLUMBERS  https://www.youtube.com/watch?v=xuv8dIt_MYg&feature=youtu.be  http://media.rtp.pt/antena3/ver/golden-slumbers-new-messiah/ . 

Concerto das Golden Slumbers, projeto musical de matriz folk das irmãs Cat e Margarida Falcão, nomeado para Artista Revelação na edição de 2015 dos Portugal Festival Awards.| Público-alvo: público em geral | Sujeito à lotação da sala 

22:30 | Quizz Musical | Público-alvo: Jovens e adultos | Inscrição prévia: geral@mnmusica.dgpc.pt  ou tel. 217710990

                    ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

OUTROS EVENTOS EM MAIO

MAIO 19 | Qui 19:00

CICLO À TARDE NO MUSEU | vertente pedagógica 

Recital de homenagem a Clara Schumann

No 120º aniversário da sua morte

Alunos da Escola de Música do Conservatório Nacional

Organização: Associação dos Amigos do Museu Nacional da Música

Bilhetes: €5 | Sócios €3

Em 2016 assinalam-se simultaneamente o 120º e o 160º aniversários do falecimento de Clara e Robert Schumann, respectivamente.  Na véspera do aniversário do falecimento de Clara Schumann (20 de Maio de 1896) os alunos do 3º ano da classe de Alemão para Cantores da Escola de Música do Conservatório Nacional, sob orientação da Prof.ª Tânia Valente, prestam homenagem a esta pianista, compositora pedagoga e mulher à frente da sua era, celebrando-a através da sua música  e de obras de dois homens que lhe foram muito próximos: Robert Schumann e Johannes Brahms.

 

Museu da Música, 19 de Maio, 19:00

clara.png

Programa​

Clara Schumann

6 Lieder op. 13, 6. “Die Stille Lotosblume”, Catarina Reis

Robert Schumann

Frauen Liebe und Leben, 1.“ Seit ich ihn gesehen“, Constança Dinis Lopes

Myrthen op. 25, 1.“Widmung“, 3. „Der Nussbaum”, Mariana Fernandes, Maria Amaral

Spanisches Liederspiel, op.74. 4."In der Nacht"(dueto), Ana Rita Santos e Walter Lami

Liederkreis op.39, 1.“In der Fremde”, 5. “Mondnacht“, Pedro Assunção

Szene aus Goethes Faust, aria de Marianus, Hugo Henriques [1]

Johannes Brahms

Acht Lieder Und Gesänge" op. 57, 8.Unbewegte Laue Luft, Maria Vidal

Vier Duette op. 61, 1.“Die Schwestern”, (dueto) Mónica Beltrão e Mariana Pinto

Robert Schumann

3 Lieder für Frauenstimme op.114

  1. Nänie (Mariana Pinto, Gisela Canadelo, Joana Mendes)
  2. Triolett (Mónica Beltrão, Maria Amaral, Inês Antunes)
  3. Spruch (Gisela Canadelo, Joana Mendes, Inês Antunes)

 

 [Encore: Clara Schumann, Canon “Wenn ich ein Vöglein wär“ ( todos )]

 Piano: Prof.ª Ivana Talijan

 [1] Piano: Prof.ª Lilian Kopke 

 

MAIO 19

Qui 21:30

Gabriel Freire | Guitarra clássica

 

19%20maio%20(1).jpg

 

MAIO 20
 
PABLO LAPIDUSAS | Piano Words | Sex 19:00
 

 

  
Organização: Associação dos Amigos do Museu Nacional da Música | Bilhetes: €5 | Sócios: €3
 

 

PIANO WORDS

Pablo Lapidusas toca o primeiro álbum do compositor português João André Pereira

Ennio Morricone, Astor Piazzolla and Richard Galliano são algumas das influências que podemos ouvir em Piano Words.

 

Natural de Buenos Aires, PABLO LAPIDUSAS iniciou os seus estudos de piano no Brasil ainda criança, tendo obtido o bacharelado em música na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e mestrado em Performance Jazzística na Escola Superior de Música de Lisboa ( ESML), onde reside actualmente. Na última década e enquanto viveu no Rio de Janeiro, actuou em concertos e gravações ao lado de artistas da MPB e da cena instrumental brasileira.

 

Em 2005 debutou na sala Cecília Meireles- RJ, apresentando se com a orquestra canadense I Musici de Montreal, sob a regência do maestro russo Yuli Turovsky. No ano de 2006, passa a integrar a banda do rapper brasileiro Marcelo D2, gravando 2 álbuns e realizando mais de 450 apresentações em 20 países, com presença em importantes festivais - Montreux Jazz Festival, Hollywood Bowl, Summer Stage (Central Park,NY), Rock in Rio, Lollapalooza, Roskilde, Nice Jazz Festival, Pori Jazz Festival, Back to Black, entre muitos outros.

 

"Ouriço" (Delira, 2008), seu álbum de estreia, teve excelentes críticas na imprensa brasileira* e contou com as participações de Hermeto Pascoal e Carlos Malta. Neste mesmo ano, apresenta-se na série "Piano Solo" (Rio de Janeiro), juntamente com o pianista brasileiro Cesar Camargo Mariano. A convite do próprio Cesar, encerraram o concerto a dois pianos.

 

O segundo disco - "Estrangeiro" (Ekaya/Kalamata, 2013), foi um ambicioso projecto gravado em Buenos Aires, Rio de Janeiro, Los Angeles, Lisboa, Maputo e Londres no antológico Studio 2 de Abbey Road. Este trabalho teve a produção de João Carlos Schwalbach e tal como o seu antecessor, obteve excelentes críticas*. Sobre "Estrangeiro", o jornalista e crítico musical brasileiro Antonio Carlos Miguel escreveu: "Trajecto de um livre cidadão do mundo (e da música) “conduzindo” o seu piano sem fronteiras e com criatividade, o que resultou em músicas novas, mesmo que conhecidas e saudavelmente difíceis de catalogar, imprimindo a sua impressão digital a partir de estímulos de uma diversificada formação artística".

 

Em 2015, Pablo lança "Live in Johannesburg" (Ekaya). O projecto em trio (primeiro trabalho do pianista fora do formato solo), foi novamente produzido por João Carlos Schwalbach e gravado ao vivo (CD/DVD) no "The Orbit" durante uma temporada sul-africana. A sua performance impressionou a jornalista sul-africana Gwen Ansell;

 

"Ele ficou impressionado com o silêncio total ( podia-se ouvir um alfinete cair) para a sua apresentação, mas talvez não mais impressionado do que o público, por sua técnica surpreendente, mudanças de tempo imprevisíveis, luz e sombras delicadas, e, uma mão esquerda rítmica sólida." O projecto em trio tambem rendeu uma indicaçâo para o Jazzahead 2016 (Alemanha), como um dos 16 projectos a representar a música instrumental Européia em 2016. Neste mesmo ano excursionará por Brasil, Índia, Argentina, Coreia, Africa do Sul, Alemanha e Portugal.

 

Além de performer, Pablo exerce uma intensa actividade como professor, ministrando aulas e masterclass em Portugal, Brasil, Índia e Argentina.

Gabriel Freire é um músico brasileiro com formação superior em guitarra clássica. Estudou em S. Paulo, Aveiro e Évora.

Bilhetes: €5 | Sócios: €3

 

20%20maio.jpg

 

MAIO 25 
 
POESIA NO MUSEU | Qua 19:00
 
Pedro Madeira sobre Bernardim Ribeiro (c. 1482 - 1552), autor de Menina e Moça, a primeira novela pastoril da Península Ibérica | #EntradaLivre
 
A Poesia no Museu é um ciclo organizado pelo Museu da Música e comissariado por Helena Miranda e Sebastião Belfort Cerqueira que vai já no seu quarto ano. Consiste em várias conferências, habitualmente ilustradas com leitura de poemas, sobre poetas ou assuntos relacionados com poesia. Na edição de 2016 contamos com seis conferencistas: Miguel Tamen, João Figueiredo, Maria Filomena Molder, António Feijó, Pedro Madeira e Clara Rowland. As sessões, apresentadas por Sebastião Belfort Cerqueira, duram aproximadamente 60 minutos e decorrem no Museu da Música às quartas-feiras, sempre às 19:00 h, com entrada livre.
 
Próxima e última sessão: 15 de Junho | Clara Rowland | Carlos Drummond de Andrade

CICLO%20POESIA%202016.jpg

 

MAI 26
 
CICLO À TARDE NO MUSEU | Entre Madeiras Trio
Comissária: Ana Paula Russo
Organização: Associação dos Amigos do Museu Nacional da Música
 
Bilhetes: €5 | Sócios: €3
 

13147786_1104202739636501_1803131950543143877_o (2

 

 
 
 
 
 
 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.