Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Março no Museu Coleção Berardo

620px_e58b4240892e5d586112.jpg

 

Vista da exposição Visualidade e Visão – Arte Portuguesa na Coleção Berardo II, com a obra Uma Floresta dentro da Catedral, 1999, de Rui Chafes. Museu Coleção Berardo, 2016. Fotografia: David Rato.

 

Em março, destaque para o último mês da exposição Fernando Lemos: Para um retrato coletivo em Portugal, no fim dos anos 40, e para a inauguração da exposição Nouveau Réalisme, Figuração Narrativa e Pop pela Europa Continental, no dia 29. O sucesso da exposição Visualidade e Visão – Arte Portuguesa na Coleção Berardo II, permitiu o seu prolongamento até 16 de abril. A entrada é gratuita.

 

Exposições temporárias

Inauguração

300px_e58b40e0c154275211124.jpg

Jacques Villeglé, Libération-Thorez, 22 août 1964, 1964. Museu Coleção Berardo.



Nouveau Réalisme, Figuração Narrativa e Pop pela Europa Continental
29/03 – 01/05/2017 | Entrada gratuita

Exposição que procura dar a ver os diferentes posicionamentos artísticos que a linguagem pop assumiu no contexto europeu e que foram muito diversificados e, por vezes, criadores de grandes tensões e debates. Ao isolar o contexto europeu continental das manifestações dominantes da Pop Art, protagonizadas pelo Reino Unido e pelos EUA e que ocupam maioritariamente a atenção das exposições mais globais sobre o movimento, torna-se possível dar conta da emergência de outras problematizações sobre o estatuto do objeto artístico.


Curadoria de Pedro Lapa.

 

 

 

Últimas semanas

Fernando Lemos: Para um retrato coletivo em Portugal, no fim dos anos 40
Até 2 de abril | Entrada gratuita

300px_e57fba0973001d630319.jpg

 

Fernando Lemos, Azevedo / Pilar / Vespeira / Mirar para serem vistos, 1949. Prova cromogénea / chromogenic print, 60 x 50 cm.

Entre 1949 e 1952, Fernando Lemos desenvolveu um impressionante trabalho fotográfico, que assumiu múltiplas direções. Esta exposição reúne o vasto conjunto de retratos, que realizou no seu atelier, de muitos protagonistas do mundo intelectual, nos meados do século XX, em Portugal. Pela sua extensão, poder-se-á dizer que inventaria parte significativa de uma geração, encerrada num país isolado e alheio ao mundo que despontava depois da devastação do conflito mundial.

Curadoria de Pedro Lapa.

 

Visualidade & Visão – Arte Portuguesa na Coleção Berardo II
Até 16 de abril | Entrada gratuita

300px_e57fb66dd408004591101.jpg

  For Mozambique (model n°1 screen-kiosk-tribune celebrating a post independence utopia), 2008, de Ângela Ferreira. Fotografia: Luís Colaço.



Exposição que procura definir alguns dos fios condutores entre o entendimento da visualidade e uma perspetiva sobre o mundo. As práticas artísticas têm suscitado variadas interrogações sobre estas relações. Desde um processo de racionalização normativa ao de uma subtração material pelo digital, o espaço de uma visão crítica parece estreitar-se. Estas obras põem em questão os limites supostos pelos regimes da visualidade referidos e procuram dar lugar ao acontecer de uma outra visão da imagem e do mundo.
 
Com: Ângela Ferreira, Helena Almeida, Joaquim Bravo, José Barrias, José Luís Neto, Miguel Palma, Pedro Barateiro, Pedro Cabrita Reis, Rui Chafes. Curadoria de Pedro Lapa.

 

Coleção Berardo (1900-1960)

 

Coleção Berardo (1960-1990)

300px_e577252382d4334801124.jpg

 

 

Entrada do Museu Coleção Berardo, 2016. Vista com obras de Alexander Calder e Jean Dubuffet. Fotografia: David Rato.

 
 

As exposições permanentes da Coleção Berardo apresentam um vasto conjunto de obras representativas dos maiores artistas e movimentos que definiram a história da arte ocidental do século XX.

 

 

301px_e58b41298b42805351148.jpg

 

Atividade do serviço educativo. Museu Coleção Berardo, 2016. Fotografia: Orlando Franco.

Férias da Páscoa no museu

Estão abertas as inscrições para as atividades das Férias da Páscoa no museu, que decorrerão de 5 a 7 de abril (70€ por criança), de 10 a 13 de abril (90€ por criança), e nos dias 17 e 18 de abril (30€ por criança). Todos os preços com almoço e seguro incluídos.

5-18 abril | 9h30-17h30 | 4-13 anos | Inscrição prévia

 

Adultos

Visita orientada à exposição "Fernando Lemos: Para um retrato coletivo em Portugal, no fim dos anos 40"
26 março | 16h00 | Entrada gratuita, sem inscrição prévia

Visita temática “Dia das mentiras: mentira e humor na Coleção Berardo”
1 abril | 16h00 | Entrada gratuita, sem inscrição prévia

 

299px_e58b41c888e0ea5641212.jpg

 

Fernando Lemos, Fernando Lemos / Auto-retrato,1949.

 

Famílias

Cucú! Estou aqui!
5 março | 11h00 | 2-4 anos | Inscrição Prévia | 2€ por participante

Laboratório de fotografia
12 março | 15h00 | 5-10 anos | Inscrição prévia | 2€ por participante

Um museu a descobrir
26 março | 11h00 | 2-4 anos | Inscrição prévia | 2€ por participante

Aniversários temáticos no museu
Consulte o novo programa de atividades para aniversários.
3-12 anos | Inscrição prévia | 12€ por participante

300px_e58b4181ecb0475511222.jpg

 

 

Conferência

Travelling – O «acontecimento» arquivial
Oradores: José Maçãs de Carvalho e Ana Rito

300px_e58b41d0470ec75661216.jpg

 


José Maçãs de Carvalho e Ana Rito.
Apresentada no âmbito do VII Ciclo de Conferências Internacionais, organizado pela Escola de Comunicação, Artes e Tecnologias de Informação da Universidade Lusófona, em conjunto com o Museu Coleção Berardo.

22 março | 18h00 | Auditório do museu | Entrada gratuita, sujeita ao número de lugares disponíveis

 

A ModaLisboa passa pelo Museu Coleção Berardo

 

BOUNDLESS – ModaLisboa
11 de março

300px_e58b41b23366925601215.jpg

 



A próxima edição da ModaLisboa, sob o tema BOUNDLESS, inclui dois desfiles no Museu Coleção Berardo no dia 11 de março, onde serão apresentadas as propostas de Ricardo Andrez e Lidija Kolovrat.

A história da ModaLisboa é, ao mesmo tempo, a história da Moda nacional e BOUNDLESS pretende destacar o valor coletivo dessa identidade individual. Vinte e cinco anos de uma vida dedicada às artes e à indústria, trabalhando os novos talentos nacionais e as assinaturas de referência, refletindo o compromisso da ModaLisboa para com o empreendedorismo nacional, a divulgação cultural e a partilha de um património comum.

 

 

Atividade do serviço educativo. Museu Coleção Berardo, 2015. Fotografia: Orlando Franco.

 

 

 
 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.