Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

"Mata" estreia no Festival Internacional de Teatro de Setúbal

MATA (créditos Leonardo Silva) 1.jpg

 

“Mata”, uma co-produção Teatro Estúdio Fontenova e Companhia Mascarenhas-Martins, estreia a 19 de Agosto no Festival Internacional de Teatro de Setúbal, com uma segunda apresentação a 20. Com encenação de Rosa Dias, que também integra o elenco, o espectáculo parte do conto 藪の中 (Yabu no Naka), de Ryūnosuke Akutagawa e conta ainda com as interpretações de André Reis, Inês Monteiro Pires, João Jacinto e Pedro Nunes. Depois desta passagem no festival, “Mata” regressará em Setembro para uma carreira em Setúbal e no Montijo.

 

Uma coisa é certa, o homem está morto. Mas quem o matou? Onde está a verdade se todos aparentam mentir? Onde se encontra a inocência se todos querem ter a culpa? Neste bosque de verdades contraditórias, de assumidas culpas, onde se encontra a justiça? E se, quando um homem morre, um banco vai à falência ou um governo mantém o seu povo esfomeado e todos nós argumentamos razão, verdade, inocência e culpa, assim fica a humanidade perdida neste cerrado e sombrio bosque.

 

19 e 20 de Agosto

Festival Internacional de Teatro de Setúbal

Fórum Municipal Luísa Todi

Quinta e sexta às 21h

M/12 | 60’ (aprox.)

 

Informações:

www.teatroestudiofontenova.com

927 718 386 | 967 330 188

teatroestudiofontenova@gmail.com

 

Reservas:

bilheteirafits@gmail.com

927 718 386 / 925 436 516>

 

BILHETEIRA FMLT

De terça-feira a domingo

Das 13h00 às 20h00

265 522 127

bilheteira.fmlt@mun-setubal.pt

fmlt@mun-setubal.pt

 

A partir de 藪の中 (Yabu no Naka), de Ryūnosuke Akutagawa

 

Encenação e espaço cénico: Rosa Dias

Assistência de encenação e desenho de luz: José Maria Dias

Dramaturgia: Patrícia Paixão e Rosa Dias

Figurinos: Zé Nova

Interpretação: André Reis, Inês Monteiro Pires, João Jacinto, Pedro Nunes e Rosa Dias

Música: André Reis e Inês Monteiro Pires

Apoio ao movimento e coreografia de combate: Carlos Pereira

Sonoplastia: Emídio Buchinho
Execução de cenografia: Filipe Rodrigues e João Fernandes

Imagem e design de comunicação: Tomás Anjos Barão

Fotografia Leonardo Silva

Operação de luz e som João Fernandes

Produção e comunicação: Graziela Dias, Levi Martins e Patrícia Paixão

Co-produção: Companhia Mascarenhas-Martins e Teatro Estúdio Fontenova

Apoio à comunicação: SetúbalMais, Semmais e O Som da Baixa

Apoios: Junta de Freguesia da União das Freguesias de Montijo e Afonsoeiro e Set-Link

 

A Companhia Mascarenhas-Martins e o Teatro Estúdio Fontenova são estruturas financiadas pela República Portuguesa – Ministério da Cultura/ Direção Geral das Artes e, respectivamente, pela Câmara Municipal do Montijo e Câmara Municipal de Setúbal