Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Misericórdia de Lisboa assina Protocolo de Cooperação com Associação 5 ao Dia e SIMAB

 

 

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), a Associação 5 ao Dia e a Sociedade Instaladora de Mercados Abastecedores (SIMAB) assinaram um protocolo com os objetivos de promover uma alimentação e um estilo de vida saudável, e de contribuir para a prevenção de doenças crónicas associadas aos maus hábitos alimentares, como a obesidade. O protocolo foi assinado ontem, dia 23 de novembro, no Mercado Abastecedor da Região de Lisboa (MARL).

 

Tendo em conta que a SCML tem a ação educativa nas vertentes de equipamento escolar entre as suas linhas de intervenção, que a SIMAB integra a rede nacional de mercados abastecedores agroalimentares de interesse público, que procedeu ao lançamento de um programa de responsabilidade social denominado “5 ao Dia, Faz Crescer com Energia”, e que este é promovido pela Associação 5 ao Dia, chegou-se à conclusão de que seria proveitosa uma cooperação entre estas entidades.

Assim, foi assinado ontem um protocolo de cooperação entre a Misericórdia de Lisboa, a Associação 5 ao Dia e a Sociedade Instaladora de Mercados Abastecedores. A propósito, Rui Martins, Presidente da Direção da Associação 5 ao Dia e vogal do Conselho de Administração da SIMAB, comenta que “este protocolo representa para a SIMAB e para a Associação 5 ao Dia um desafio acrescido, atendendo que um parceiro como a SCML irá permitir que a mensagem do 5 ao Dia chegue a um número maior de pessoas”, uma vez que irá abranger “crianças das comunidades escolares e outras instituições abrangidas pela Misericórdia de Lisboa”.

Por outro lado, acrescenta Rui, “este protocolo desafia ainda a SIMAB e a Associação 5 ao Dia a promover a criação de ações com novos formatos, visando estimular uma alimentação e estilo de vida saudável, junto de outros escalões etários, como poderá ser o caso da população sénior apoiada pela SCML”. Afinal, as iniciativas do 5 ao Dia até agora têm-se destinado apenas à população escolar do 1º e 2º ciclo, o que abrange crianças entre os 6 e os 12 anos, pais, professores e escolas, bem como toda a comunidade.

Sérgio Cintra, Administrador da SCML, também se demonstra bastante satisfeito com este protocolo. E comenta: “a adesão a este projeto surge na sequência da nossa obrigação de incluir dentro das nossas estruturas, especialmente a da infância, ainda mais o consumo de hortícolas e frutícolas. Afinal, este consumo, juntamente com uma alimentação equilibrada, tem aspetos muito positivos na vida de uma pessoa, já que contribui para uma alimentação e estilo de vida saudável e, consequentemente para a prevenção de várias doenças crónicas associadas aos maus hábitos alimentares”.

De relembrar que as atividades do 5 ao Dia incluem jogos didáticos e interativos, assim como visitas aos pavilhões hortofrutícolas, e decorrem todos os dias, exceto à segunda-feira, nos Mercados Abastecedores das Regiões de Lisboa, Braga, Coimbra, Évora e Faro.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.