Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Misericórdia de Lisboa promove sessões de cinema ao ar livre no Convento de São Pedro de Alcântara

 

 

“Lisboa, cidade cosmopolita ontem e hoje” é o mote do programa cultural desenvolvido pela Santa casa da Misericórdia de Lisboa dedicado às migrações.

O programa inclui sessões de cinema ao ar livre e um conjunto de itinerários por espaços da cidade habitados por diversas comunidades.

 

 

Dar a conhecer a história e a realidade de diferentes comunidades que habitam ou habitaram a cidade de Lisboa é o objetivo do programa cultural “Lisboa, cidade cosmopolita ontem e hoje”, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML).

 

Os migrantes que chegam em diferentes épocas, por diferentes motivos, são os protagonistas deste programa, que integra um ciclo de cinema e um conjunto de itinerários pela cidade, e que pretende que se reflita na alegria de ser acolhido pelo outro, mas também nas dificuldades que se colocam aos que vêm de fora.

 

O ciclo de cinema é composto por quatro sessões, que se vão realizar todas as quartas-feiras de setembro (dias 4, 11, 18 e 25), às 21h, no Convento de São Pedro de Alcântara.

 

Os filmes escolhidos contam histórias de pessoas que chegaram a Lisboa em diferentes contextos: fugindo da perseguição Nazi (“Debaixo do céu”, de Nicholas Oulman), e procurando melhores condições de vida (“Juventude em marcha”, de Pedro Costa, e “Galegos en Lisboa: A história xamais contada”, de Xan Leira). Outro dos filmes aborda a desconfiança em relação ao outro, ou seja, ao estrangeiro que vem de fora (“Viagem a Portugal”, de Trefaut).

 

Cada sessão contará com um convidado especial (desde realizadores, a especialistas na temática dos filmes) que vão promover conversas informais entre todos os presentes.

 

Também faz parte deste programa cultural um conjunto de itinerários, que revela os espaços habitados por diversas comunidades e o contributo das mesmas ao longo do tempo no desenho urbano e social da cidade. 

 

Os itinerários socioculturais serão feitos em colaboração com a APG (Associação de Professores de Geografia) e a Migrantour, um projeto da Associação Renovar a Mouraria.

 

A participação em todas as atividades do programa é gratuita, requerendo apenas de marcação prévia junto do Serviço de Públicos e Desenvolvimento Cultural / Direção da Cultura da SCML, através dos contactos: 213 240 869 / 886 ou culturasantacasa@scml.pt