Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

MUDE FORA DE PORTAS | Exposição O mais profundo é a pele. Coleção de tatuagens 1910-40 | 30 março | Palácio Pombal

Exposição O mais profundo é a pele. Coleção de tatuagens 1910
30.03 a 25.07

Palácio Pombal

20170224_LF_DSC7059_1.jpg

 

 

A exposição O mais profundo é a pele apresenta a coleção de pele humana tatuada (1910-1940) do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses I.P., analisando-a na perspetiva científica/médico-legal, filosófica e artística. No total, estão expostos 61 frascos com fragmentos de pele humana obtidos de corpos autopsiados e uma abundante documentação com o retrato sociocultural de cada individuo tatuado, os desenhos e sua localização anatómica, o lugar, a data e os motivos da tatuagem.