Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Museu do Oriente mostra “Terra Suspensa” | Até 17 de Janeiro com entrada gratuita à sexta-feira

 

“Terra Suspensa”, o olhar de quatro artistas macaenses sobre a história do seu território, está patente no Museu do Oriente até 17 de Janeiro de 2021, com entrada gratuita às sextas-feiras, entre as 18.00 e as 20.00.

 

Nascidos entre as décadas de 70 e 90, os quatro artistas cresceram em diferentes contextos, mas todos vivenciaram, ainda que de formas distintas, o período que antecedeu e se seguiu à transferência da soberania de Macau, em 1999, de Portugal para a China. Para quem testemunhou e viveu a mudança, o sentimento comum é que se habita hoje uma área cinzenta, entre o preto e branco, com alguns a olharem saudosos para o passado e, outros, ansiosos por um novo futuro.

 

A fotografia da artista Sharna Lam registou ratos recém-nascidos utilizados para alimento de animais de estimação que, tal como nós, não têm controlo sobre as suas vidas. Por outro lado, o artista Eric Fok, representando a rápida passagem do tempo, desenhou mapas de Macau ora com personagens contemporâneas, em paisagens antigas, ora com personagens da antiguidade clássica, em ambientes urbanos.

 

Os dois outros artistas, Leong Chi Mou e Wong Ka Long, partilham os conceitos de desapego e conflito humanos. As pinturas a óleo de Leong Chi Mou reflectem sobre valores tradicionais e a destruição destes pela ambição, ao passo que os capacetes e relevos de Wong Ka Long, representam as guerras e a inconstância humanas.

 

O Museu do Oriente recebeu o Selo Clean & Safe para Museus, Palácios, Monumentos e Sítios Arqueológicos, atribuído pelo Turismo de Portugal em articulação com o Ministério da Cultura, às entidades que cumprem as recomendações da Direcção-Geral da Saúde e asseguram o cumprimento dos requisitos de higiene e limpeza para prevenção e controlo da COVID-19.

“Terra Suspensa” – Exposição colectiva de artistas de Macau

16 Outubro 2020 a 17 de Janeiro 2021

Horário: terça-feira a domingo, 10.00-18.00

(à sexta-feira o horário prolonga-se até às 20.00, com entrada gratuita a partir das 18.00)

Preço: 6 €

Lotação máxima de 5 pessoas. Recomendações da Direcção-Geral da Saúde em contexto pandémico.


Co-organização: Macau Visual Art Student Zone

Patrocínio: Instituto Cultural do Governo da Região Administrativa de Macau | Fundação Macau

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.