Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Museu Nacional da Música | CORO NINFAS DO LIS | 27 de Agosto, 18h

27 de Agosto | Sáb. 18h, Museu Nacional da Música

 

CORO NINFAS DO LIS (Leiria)

Direção: Mário Nascimento

 

13925600_1164993366890771_3942995676030005144_o (2

 

 

O Coro Ninfas do Lis (http://coroninfasdolis.wixsite.com/coroninfasdolis) é um grupo feminino de Leiria, que nasceu em 2003, sendo actualmente constituído por trinta e duas coralistas, dirigidas por Mário Nascimento e acompanhadas ao piano por Rui Daniel Silva.

Do ecléctico repertório do coro constam peças de música sacra e secular, erudita e popular, portuguesas e de diversas partes do mundo, percorrendo uma grande diversidade de períodos históricos, desde a música renascentista à música dos nossos dias.
Este grupo tem realizado inúmeros concertos por todo o País, tendo actuado em prestigiados locais, como o Castelo de Leiria, o Teatro José Lúcio da Silva (Leiria), a Casa da Música do Porto, o Palácio Nacional de Queluz, o Teatro Chabi Pinheiro (Nazaré), o Mosteiro de Alcobaça, o Fórum Municipal Luísa Todi (Setúbal) ou o Teatro Pax Julia (Beja), e tendo também participado em diversos eventos, dos quais se destacam o 10º Festival Internacional de Música Amadora de Tomar (Setembro de 2007), o International Youth Conference on Energetics 2011, no Castelo de Leiria (Julho de 2011) e o projecto Dia Mundial da Voz - Casa que Canta, na Casa da Música do Porto (Abril de 2016).
Em Julho de 2012, participou na Competição Coral Internacional de Freamunde, tendo recebido o “1º Prémio na categoria de música sacra para vozes iguais", o "Prémio de melhor interpretação de uma peça sacra de autor português" e o "Prémio do Público".
Em Junho de 2013 lançou o seu 1º CD. Em Outubro de 2015 lançou o 2º CD, com obras corais de José Belo Marques.

PROGRAMA

Chamateia 

Música de Luís Alberto Bettencourt; letra de António Melo e Sousa; arranjo de Mário Nascimento

Ó bento airoso 

Tradicional de Trás-os-Montes; arranjo de Mário Nascimento

Sinos de luz

Mário Nascimento (baseado na canção tradicional ucraniana “Shedrik”)

Soli: Ana Lúcia Marques/Maria Nascimento

O vos omnes

Mário Nascimento

(Violino: Diane Rocha)

Come ye sons of art (Ode for Queen Mary's birthday)

Henry Purcell, 1659-1695

- Come, ye sons of art

- Strike the viol

- Sound the trumpet

Quemadmodum desiderat cervus

Mário Nascimento (sobre a harmonia da Sonatina BWV 106 de J.S.Bach)

Vira das desfiadas 

Belo Marques, 1898-1987

Horas incertas

Belo Marques, 1898-1987

The Seal Lullaby 

Música de Eric Whitacre; letra de Rudyard Kipling

Há música na cidade

Música de Mário Nascimento; letra de Paulo Kellerman

You raise me up

Música e letra de Brendan Graham e Rolf Lovland; arranjo de Roger Emerson

Coro das maçadeiras

Tradicional do Minho; arranjo de Mário Nascimento

Guantanamera

Música de José Fernández; letra de José Marti; arranjo de Mário Nascimento

Organização: Associação dos Amigos do Museu Nacional da Música

Bilhetes: €5 | Sócios: €3

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.