Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

MUSEU NACIONAL DA MÚSICA | Sexta, 2 de Fevereiro, 19h | Ciclo Músicas do Acervo - Recital de Piano de Felipe Mello | #EntradaLivre

Sexta, 2 de Fevereiro, pelas 19h

 

O Museu Nacional da Música apresenta
 

22180146_1596078203782283_2345885183058478316_o.jp

CICLO ADRIANO 02 fevereiro.jpg

 

Recital de piano de Felipe Mello
 
Programa:
 
Impressões Seresteiras (Villa Lobos) 
Dança do Índio Branco (V. Lobos) 
Nocturne (Ottorino Respighi)
Andante Spianato et Grand Polonaise Brillant Op.22 (F. Chopin)
 
3 Scenas Portuguesas Op.09 (Vianna da Motta)
Momento Musical No.04 (Sergei Rachmaninov)
Nocturne No.03 "Reve D'Amour" (Franz Liszt)
Polonaise Op.53 No.06 "Heróica" (F. Chopin)
 
 
Biografia:

FELIPE MELLO, natural do estado de São Paulo (Brasil), realizou a sua formação de piano no Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos de Tatuí/SP e, posteriormente, no Instituto de Artes da Unesp em São Paulo/SP. Os seus principais mestres, em piano e música de câmara, foram Luis Carlos Sanches, Miriam Braga, André Rangel, Nahim Marun e Danieli Longo Benedetti. 

Participou em masterclasses de Diana Kacso (EUA), Gerald Robins (EUA), Olga Kiun (Rússia), Lorna Griffit (Inglaterra), Blair McMillen (EUA), Michael Gurt (EUA), Eduardo Monteiro (Brasil), Beatrice Berthold (Alemanha/Chile), Ney Fialkow (Brasil), Flávio Augusto (Brasil), Heather Coltman (EUA), Renato Figueiredo (Brasil) e Laura Lowen (Canadá). 

Foi premiado nos concursos de piano Maestro Souza Lima, Maestro Rodrigo Tavares, Maestro Spartaco Rossi e Concurso ArtLivre. 

Apresentou-se como recitalista de camara e solista nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Tatuí e Lima (Perú), trabalhando com os maestros Júlio Medaglia e João Maurício Galindo. Actualmente dedica-se ao mestrado e os seus interesses de pesquisa incluem repertório pianístico genuinamente brasileiro. 
 
Ciclo MÚSICAS DO ACERVO | Compositores Portugueses e seus Contemporâneos
 
Neste ciclo de entrada livre, o público tem a oportunidade de conhecer extraordinários compositores portugueses, cujas obras são pouco conhecidas do grande público. Ao contrário de alguns compositores de diferentes países da Europa, cujo trabalho é hoje globalmente reconhecido, a pouca divulgação da música erudita portuguesa remeteu muitas partituras ao esquecimento. Nestes concertos, a par da música portuguesa, será também possível ouvir música de consagrados de outros países, contemporânea da primeira. O objectivo do ciclo – que conta com o apoio do Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa - é que exista uma maior divulgação do acervo de partituras do Museu Nacional da Música e do património musical português. 
O ciclo terá lugar todos os meses, até Junho de 2018, às 19 horas da data designada no programa, que desde já vos desafiamos a consultar.
 
Programa da 2.ª Temporada do ciclo Músicas do Acervo
 
13 de Outubro - Anne Kaasa 
28 de Outubro - Paulo Meirelles (BR/FR)
08 de Dezembro - António Luis Silva
19 de Janeiro - Arthur Nesrala 
02 de Fevereiro - Felipe Mello (Brasil)
23 de Fevereiro - Ricardo Martins
09 de Março - Bernardo Santos
13 de Abril - Duarte Pereira Martins
04 de Maio - Philippe Marques
01 de Junho - Academia de Música de Telheiras
08 de Junho - Diego Caetano (BR/USA)
 
Sempre às 19 horas
 
Comissário: Adriano Nogueira 
 
Parceria: 
MPMP - Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa
Revista Glosas
 
 
 
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.