Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

MÚSICA POR UMA CAUSA - CONCERTO DE APOIO AOS REFUGIADOS no Grande Auditório da FUNDAÇÃO GULBENKIAN

pavel.jpg

 

Museu Nacional da Música, com o apoio mecenático da Lusitânia Seguros, cede o VIOLONCELO STRADIVARIUS CHEVILLARD, classificado como Tesouro Nacional, à Fundação Gulbenkian para a realização do concerto solidário de apoio aos refugiados no próximo dia 18 de outubro, às 19h00, no Grande Auditório.

O VIOLONCELO STRADIVARIUS, uma das joias da coroa do espólio do Museu Nacional da Música, pertenceu ao 
Rei D. Luís I (1838-1889) e é o único instrumento em Portugal com a assinatura do construtor António Stradivari (1644-1737). 
O anterior proprietário foi o reputado violoncelista belga Pierre Chevillard (1811-1877), que manteve o violoncelo até à sua morte. Pouco tempo depois e por intermédio da família de construtores Vuillame, o instrumento passou para as mãos do monarca português.
O violoncelo Chevillard-Rei de Portugal tem a famosa forma B, utilizada por Stradivari entre 1707 e 1726, o período de ouro do mestre italiano. Em 1725, data da construção deste exemplar, Stradivari tinha 81 anos.
A orquestra juntamente com Pavel Gomziakov, tocará o Concerto para Violoncelo e Orquestra em Dó Maior de Joseph Haydn e interpretará ainda a Suite nº 2 em Ré menor de Johann Sebastian Bach. 

 

Todos os intérpretes atuam pro bono.

Apoios Lusitânia Seguros e RN TRANS 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.