Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

NATIONAL GEOGRAPHIC SUMMIT CONTA COM O ALTO PATROCÍNIO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

image002.jpg

 

Quinta feira, 25 de maio às 9h30 no Teatro Tivoli BBVA

 

NATIONAL GEOGRAPHIC SUMMIT CONTA COM O ALTO PATROCÍNIO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

 

Evento reúne em Lisboa icónicos nomes da instituição como Jane Goodall, Jodi Cobb e Tristram Stuart

 

Entradas para público já esgotadas

O National Geographic Summit, que se realiza em Lisboa no próximo dia 25 de maio no Teatro Tivoli BBVA, recebeu esta semana o Alto Patrocínio da Presidência da República que reconhece assim a importância do evento organizado por uma instituição que há quase 130 anos visa promover a exploração educação e ciência em todo o Mundo.

 

O evento que tem como oradores a cientista e ativista Jane Goodall, a fotógrafa Jodi Cobb e o ativista especialista em desperdício alimentar Tristram Stuart, tem já os bilhetes reservados para o público esgotados.

 

“É com uma enorme honra que recebemos o Alto Patrocínio da Presidência da República para o National Geographic Summit, pois é o reconhecimento da importância de trazer a Lisboa um conjunto de oradores capazes de nos inspirar a contruir um Mundo melhor”, explica Vera Pinto Pereira, SVP Managing Director da National Geographic Partners Espanha & Portugal. “Para além do apoio institucional, deixou-nos também muito entusiasmados o nível de adesão do público a esta iniciativa. Demonstra claramente que há espaço e vontade para a apoiar e desenvolver os valores que a National Geographic Society defende há quase 130 anos”, completa.

 

Uma sessão para inspirar fotojornalistas

 

image004.jpg

 

Jodi Cobb é uma das grandes fotojornalistas da atualidade, com prémios tão prestigiados como o da National Press Photographers Association e da World Press Photo, foi ainda a primeira mulher a ser distinguida com o título de White House Photographer of the Year.

 

Cobb foi uma das primeiras repórteres a atravessar a China, quando abriram as suas fronteiras ao Ocidente, tendo percorrido 11 mil quilómetros em dois meses para fazer o livro ‘Journey Into China’. Foi a primeira fotógrafa a entrar no mundo oculto das mulheres da Arábia Saudita, sendo recebida nos palácios das princesas e nas tendas dos beduínos para um artigo inesquecível publicado em 1987 na National Geographic Magazine.

 

Em Lisboa, no Summit, vai falar-nos da condição humana num mundo interligado, através da sua experiência e do que os seus olhos e a sua câmara captaram ao longo dos anos.

 

No dia 26 de maio, Jodi Cobb vai ter uma sessão inteiramente dedicada a fotógrafos e a fotojornalistas onde, entre pares, vai partilhar as vicissitudes que encontrou ao longo de uma carreira onde se consagrou.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.