Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Noite de fado no Casino Estoril com Joana Amendoeira e Francisco Salvação Barreto

É já na próxima Quarta-Feira, 7 de Junho, a partir das 22 horas, que Joana Amendoeira e Francisco Salvação Barreto regressam ao Casino Estoril para interpretar um elenco de composições bem conhecidas do público. Com registos muito próprios, os fadistas sobem ao palco do Lounge D acompanhados por Diogo Lucena Quadros e Bernardo Romão, nas guitarras, e Luis Roquette, na viola. A entrada é livre.

 

Joana Amendoeira

Joana Amendoeira.jpg

 

É considerada uma das mais importantes fadistas da nova Geração. No seu cantar o fado ganha novo brilho, nova atitude sem se desviar da tradição. Nascida em Santarém, muito cedo descobriu o apelo para ser fadista e, aos 12 anos, vence a Grande Noite do fado do Porto. Ao longo da sua carreira, teve a oportunidade de cantar nas melhores casas de Fado de Lisboa (Clube de Fado e Sr. Vinho) e nessa “escola” absorveu os grandes ensinamentos dos fadistas mais antigos e dos músicos. Todos lhe reconheciam a voz especial, a atitude, o talento e, gentilmente, lhe passaram a sua arte, as poesias e as histórias vividas. O seu último disco, “Amor Mais Perfeito” (2012), é um tributo especial ao seu grande mestre, José Fontes Rocha, um dos maiores guitarristas e compositores do Fado.

 

O seu percurso conta com oito discos editados e várias participações em compilações especiais de Fado, nacionais e internacionais, assim como vários prémios (entre eles, o de melhor Disco de Fado 2008, atríbuido pela Fundação Amália Rodrigues), foi seleccionada para se apresentar em diversas Feiras de World Music, como o Mercat de Musica Viva de Vic 2003 (Espanha) e a Strictly Mundial 2005 (Canada) e teve a oportunidade de fazer digressões por diversos países como Espanha, Itália, Hungria, Lituânia, Suécia, Brasil, Argentina, EUA, India e Japão. Joana Amendoeira defende com orgulho o legado do Fado sem de esquecer da sua própria expressão artística.

 

 

Francisco Salvação Barreto

Francisco Salvação Barreto.jpg

 

Nasceu em Lisboa em 1982. Começou a cantar aos 14 anos, entre a família e amigos. É arquitecto paisagista num atelier em Lisboa. Participou em vários eventos no País e no estrangeiro, a convite de embaixadas por ocasião da Presidência Portuguesa da União Europeia, com o objectivo de promover o Fado como expressão da Cultura Portuguesa e do evento nacional das Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo, nomeadamente no Centro Cultural d’Agdal, em Rabat, e na Cisterna da Citê Portugaise, em El-Jadida, Marrocos. Em 2011, a Rádio Amália considerou-o a “voz revelação” do ano.

 

 

O cartaz renova-se, às Quartas-Feiras, com um versátil elenco de fadistas. Margarida Soeiro e António Pelarigo sobem ao palco no dia 14. Sara Paixão e João Chora apresentam-se a 21, enquanto Mafalda Arnauth e Gonçalo Castelbranco serão os protagonistas no dia 28.

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Estoril é reservado a maiores de 18 anos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.