Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

O Dia da Criança é no Fluviário de Mora! As entradas são gratuitas para todas as crianças até aos 12 anos

 

 

 

 

Os autores Miguel Neto, Carlos Canhoto e o ilustrador Marc vão estar no Fluviário de Mora, com as suas obras e muitas actividades. Quem não conhece a “A Arca de Não É”? E a “Pirá”?

 

De forma a envolver as crianças do concelho numa experiência enriquecedora, a Oficina da Criança participa em conjunto com o Fluviário de Mora nas actividades do Dia da Criança. Para tal, a Câmara Municipal de Mora assegura o transporte das crianças participantes com partida e chegada nas juntas de freguesia do concelho: Brotas, Cabeção, Mora e Pavia, nos horários estipulados no cartaz. As crianças participantes trarão merenda uma vez que as actividades são gratuitas e de longa duração, mas não incluem almoço.

 

No auditório do Fluviário de Mora:

11H00 – Apresentação do livro “A ARCA DE NÃO É” do autor Miguel Neto - Alguma vez pensaste no que farias se encontrasses uma Tubarixa? De que gostará ela? Do mesmo que uma Jacaraca ou uma Porcoleta? Será parecida com um Elefanhoto ou com um Abelhurso? Se calhar come o mesmo que uma Centorafa ou um Alcapónei! Pode até comportar-se como um Cãomaleão ou uma Papacabra... Enfim, para não teres surpresas, o melhor é mesmo abrires "A Arca de Não É",não é?;

15H00 – Atelier de expressão plástica  - Este Domingo, dia Mundial da Criança, venha desenhar muitos animais inventados com o autor Miguel Neto. Não perca esta comemoração no Fluviário de Mora!

 

16H00 – Apresentação e animação do livro “PIRÁ” de Carlos Canhoto e do ilustrador Marc - Pirá é um livro infantil ilustrado bem-disposto para crianças na idade de perder os dentes. Conta a história de uma bela piranha de sorriso afiado e simpático, que vive no Fluviário de Mora.Pirá que é simpática e curiosa, repara que alguns dos meninos que a visitam estão a perder os dentes. Ela começa então a pensar que o mesmo poderá acontecer com ela, coisa que a deixa muito assustada. O que será que se passa com os meninos Será coisa grave? E se o mesmo acontecer comigo e com todas as piranhas? O que será de mim sem os meus belos dentinhos? Como uma criança curiosa, Pirá só vai descansar quando conseguir resolver este mistério dos meninos desdentados.

 

Foi o Carlos Canhoto que escreveu esta história ternurenta e divertida, e o Marc que lhe deu ilustrações queridas e bem dispostas. Pirá é um livro adequado para crianças na idade de perder os dentes que começam a descobrir o prazer de pequenos jogos de palavras e se divertem com ilustrações alegres e coloridas. O livro é fofinho e agradável ao toque. O papel no interior permite que se possa desenhar e pintar o livro. As guardas do livro têm imensas piranhas à espera de serem coloridas. Inclui ainda uma música no final para cantar com os mais pequenos. Pirá é o primeiro livro para crianças da Qual Albatroz e pensámo-lo muito bem para ajudar e a encorajar os mais pequenos a descobrir e a compreender o mundo que se lhes vai abrindo. Pensámos muito bem no formato do livro, nos materiais, no estilo da ilustração e no tipo de história a contar. Tudo isto conta quando se edita para crianças.

 

Carlos Canhoto

APRESENTAÇÃO

Actividades Profissionais

Funcionário da Câmara Municipal de Mora, desde 16 de Agosto de 1982, actualmente na Categoria de Técnico Profissional Especialista Principal, exerço a função de Coordenador da Divisão de Acção Sociocultural.

Pseudónimo: Carlos Canhoto

Marc Parchow nasceu em Paris no Verão quente de 1976, onde foi sujeito a uma elevada concentração de criatividade, que mais tarde o viria a prejudicar na escolha de emprego, tornando-o indiferente a qualquer carreira lucrativa. Já em Portugal, estudou design na faculdade, e desde então sobrevive a desenhar;

17H00 – Sessão de exploração do livro “ARCA DE NÃO É… ou o guia dos animais que poderiam ter existido” - Venha daí, este Domingo, Dia Mundial da Criança, o Fluviário de Mora terá uma bicharada  muito especial!

18H00 – “Momento Guloso” com pipocas, gelatina, gomas…

Estão todos convidados a participar porque animação não vai faltar com a Oficina da Criança e o Fluviário de Mora, onde não irão faltar pinturas faciais fresquinhas e muitas surpresas. O Parque Arborismo devidamente acompanhado por monitores será gratuito das 11H00-12H00 e das 15H00-16H00 para todos os que tiverem mais de 1,20m de altura.

Feliz Dia da Criança no Fluviário de Mora!