Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

O FEITICEIRO DE OZ estreia na Quinta da Regaleira

 

 

7 DE OUTUBRO A 17 DE DEZEMBRO DE 2017
SÁBADOS às 16h | DOMINGOS às 11H00

38cd1354-c381-43b2-a156-8eb07f4be335.jpg

 No próximo dia 7 de Outubro, a companhia de teatro BYFURCAÇÃO apresenta, em estreia, o espectáculo infantil O FEITICEIRO DE OZ, na Oficina das Artes da Quinta da Regaleira, em Sintra.

Numa adaptação de Paulo Cintrão da obra do autor norte americano L. Frank Baum, o grupo bYfurcação teatro leva à cena a estória de O FEITICEIRO DE OZ: Quando o Kansas é atingido por um tornado, Dorothy e o seu cão são levados pelos ares, parando num mundo novo, onde aventuras estranhas mas maravilhosas têm o seu início. Figuras como o homem de lata, o espantalho e até o cão medroso juntam-se  a Dorothy numa viagem até à cidade das esmeraldas, onde tem de encontrar o feiticeiro de Oz.
 
L. Frank Baum nasceu nos Estados Unidos da América, na década de 50 do século XIX. Foi escritor, poeta, produtor de cinema, entre muitas outras actividades. Atingiu o reconhecimento público através da estória do mágico ou feiticeiro de Oz.
 
Para além da adaptação do texto, Paulo Cintrão assina também a encenação. A interpretação está a cargo de Érica Rodrigues, Flávia Lopes, João Teixeira, Patrícia Duarte e Rafael Serra e a cenografia e adereços são de Marta Silva. O espectáculo tem música original de Nuno Cintrão e direcção técnica de Carlos Arroja.
 
Classificado para maiores de 3 anos e com uma duração aproximada de 50 minutos, o  espectáculo está em cena até 17 de Dezembro, sábados às 16.00h e domingos às 11.00 horas, na Oficina da Artes. O bilhete pode ser adquirido na bilheteira da Quinta da Regaleira e na Ticketline, pelo preço de 5 euros. 
 
Sobre a bYfurcação teatro

A bYfurcação é uma companhia de teatro profissional com sede Sintra, nascida em 31 Julho de 1998. O objetivo da bYfurcação Teatro é criar e levar ao público diferentes formas de arte, com destaque para o teatro. Desde a sua criação, a bYfurcação tem apostado em propostas vanguardistas, num registo estético assumidamente minimalista. O destaque vai para a dramaturgia clássica com grande ênfase nos textos clássicos infantis.