Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

O Lisboa na Rua despede-se esta semana

 

4e179ad1-99db-4d4a-8250-6640700a079d.jpg

 

 

O Lisboa na Rua despede-se celebrando os 20 anos da EXPO’98

 

Depois de mais de um mês em que os jardins e praças da cidade se encheram de música, cinema, teatro e exposições, o Lisboa na Rua despede-se com um concerto que assinala os 20 anos da EXPO’98.

Este domingo, dia 30, a partir das 19h, levamos até ao antigo Pavilhão da Utopia, hoje a Altice Arena, a Orquestra Metropolitana de Lisboa com Mário Laginha ao piano, para interpretarem as conhecidas obras Sinfonia do Novo Mundo de Antonín Dvořák e Rhapsody in Blue de George Gershwin.

Com direção do Maestro Pedro Amaral, o espetáculo “Venham mais Vinte" é a única iniciativa paga inserida no festival Lisboa na Rua – cada bilhete tem o preço simbólico de cinco euros – com as receitas a reverterem para três instituições que desenvolvem a sua ação na freguesia do Parque das Nações:  Associação dos Bombeiros de Cabo Ruivo; Nu Txiga – Associação Intercultural de Solidariedade Social e Secretariado Diocesano de Lisboa da Obra Nacional da Pastoral dos Ciganos.

Antes ainda do concerto, a partir das 18h, terá lugar também na Altice Arena o lançamento do livro Você Não Está Aqui, com fotografias de Bruno Portela e textos de João Paulo Cotrim. Um trabalho que mostra como era a zona oriental de Lisboa antes da intervenção urbana da Exposição Mundial de 1998.