Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

O Lisboa na Rua vai surpreender esta semana

Lisboa na Rua de "olhos postos"
na Capital Verde Europeia

 

011d725e-16df-4712-993a-02c8b7f3665b.jpg

 

Instalação surpreendente ocupa o espaço público durante um mês 

 

Ver Lisboa com "outros olhos" é literalmente o convite que lançamos, através de uma instalação artística inédita, em estreia nacional, que a partir do próximo sábado e até final de setembro vai transformar a panorâmica da cidade.

"OUTRO OLHAR", é uma obra de arte insuflável composta por dez pares de olhos construídos com tecidos especiais e recicláveis e insuflados com ar natural que serão colocados em dez árvores, num percurso que vai do Saldanha até ao Cais do Sodré.
Trata-se de uma instalação dos artistas britânicos Luke Egan e Pete Hamilton – conhecidos como Filthy Luker & Pedro Estrellas –, reconhecidos no movimento internacional de arte urbana pelo pioneirismo das suas esculturas insufláveis que visam uma reflexão sobre o impacto humano no meio ambiente. “Outro Olhar” pretende também chamar a atenção para as árvores que integram a paisagem de Lisboa, assinalando assim da melhor forma a Capital Verde Europeia 2020. 

Dentro do mesmo espírito, damos continuidade ao projeto Ecotemporâneos, em parceria com a BoCA, ocupando os espaços verdes da cidade com uma comunidade de leitura inclusiva que combina o prazer dos livros com a descoberta dos jardins. Desta vez escolhemos a Quinta da Alfarrobeira (em São Domingos de Benfica) que já este sábado (dia 29), a partir das 18h, recebe a primeira sessão com o encenador Jorge Silva Melo como convidado. A entrada é livre e a reserva prévia de bilhete é obrigatória.

A magia e a videoarte estão também em destaque nesta última semana de agosto com os festivais Lisboa Mágica e FUSO. Até ao final do mês, 150 espetáculos de magia com convidados oriundos de sete países vão preencher os jardins de várias bibliotecas, palácios, museus e galerias da cidade em apresentações com lotação limitada e inscrição prévia.
 
Pela primeira vez o festival FUSO será exclusivamente online, com a transmissão ao vivo das conversas com os curadores convidados. A programação desta edição (entre os dias 27 e 30) inclui obras de referência na videoarte e os trabalhos selecionados para a competição nacional, que todos os anos visa estimular a nova produção neste tipo de arte.
 
Com novos formatos e adaptado às novas circunstâncias, cumprindo todas as normas em vigor, o programa Lisboa na Rua da Câmara Municipal de Lisboa e EGEAC continua a promover a criação cultural, em segurança!

 

 Toda a programação em www.culturanarua.pt 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.