Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Oficina desvenda história e tradições da Gaita de fole

Exposição Paisagem Sonora.jpg

 

A Exposição do Museu Municipal de Palmela “Paisagem Sonora: a Gaita de fole”, patente no Museu da Música Mecânica, em Pinhal Novo, dá o mote à realização de uma Oficina de Gaita de fole, naquele espaço, no dia 15 de junho, das 11h00 às 12h00.

A cargo de Ana Pereira, a Oficina vai conduzir as/os participantes numa viagem didática pela história e contextualização geográfica da Gaita de fole no mundo, na Europa e em Portugal. Existem no mundo mais de 400 tipos diferentes de Gaitas de fole (grande parte na Europa) e, só em Portugal, existem quatro tipos, com dezenas de variações por todo o país. As/os participantes ficarão a conhecer as suas origens e diferenças, ganhando consciência de que a Gaita de fole também faz parte da tradição portuguesa e das tradições de Palmela. Terão também a oportunidade de ouvir e experimentar as diferentes Gaitas de fole existentes em Portugal.

A Oficina, organizada pela Câmara Municipal de Palmela, vai funcionar com um número mínimo de oito e máximo de 15 participantes. A frequência é gratuita, mediante inscrição prévia e por ordem de chegada. Informações e inscrições: patrimonio.cultural@cm-palmela.pt ou 212 336 640.

“Paisagem Sonora: a Gaita de fole” está patente até dia 2 de outubro, dando a conhecer a história, os tipos e formas de construção da Gaita de fole, os músicos e repertórios, os círios e os gaiteiros. A mostra pode ser visitada de terça-feira a domingo, das 14h30 às 18h00, sendo o acesso feito com o bilhete de entrada no Museu da Música Mecânica.

A organização é da Câmara Municipal de Palmela, em parceria com o Museu da Música Mecânica, o FIG - Festival Internacional de Gigantes, a Associação Portuguesa para o Estudo e Divulgação da Gaita de foles, o Círio dos Olhos d’Água, o Círio da Carregueira e o Bardoada – O Grupo do Sarrafo.

A iniciativa integra o “Palmela é Música”, processo de candidatura de Palmela à Rede de Cidades Criativas da UNESCO, na área da Música.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.