Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

OPEN AIR - Where video mapping meets circus

transferir (28).png

 

OPEN AIR - Where video mapping meets circus

UM ESPETÁCULO QUE JUNTA O VIDEOMAPPING À DANÇA ACROBÁTICA VERTICAL
3 A 4 SETEMBRO 2021, ESTREMOZ
 
É no emblemático castelo de Estremoz que vai decorrer o espetáculo OPEN AIR, um projecto da Oskar&Gaspar em parceria com o Laboratório, que junta as práticas artísticas do vídeo mapping com a dança acrobática vertical, e que vai dar corpo a uma narrativa visual e física que procura dar a reconhecer os fundamentos de qualquer sociedade: criar uma vivência conjunta para responder às ameaças e fantasias futuras. OPEN AIR - Where video mapping meets circus.

Muitos foram os projetos que nasceram em resultado da pandemia, o mesmo aconteceu com o OPEN AIR. Com o mundo a fechar, a Oskar&Gaspar precisava de encontrar soluções e contrariar a ausência de criação e partilha com os outros. É no meio desta reflexão que se reencontram com o Laboratório, uma estrutura artística que representa um coletivo de profissionais, com um percurso relevante nos últimos 10 anos, nas áreas da performance e novo circo.

transferir (29).png

OPEN AIR – where vídeo mapping meets circus, nasce desta vontade de estarem juntos e de uma residência ou poderemos dizer resistência artística e criativa, que ganhou vida durante o confinamento de 2020. Em conjunto decidem que já que ficámos todos sem chão e a flutuar no tempo, o melhor seria isso mesmo, apostar numa experiência em que todos, alguns de uma forma mais metafórica, ficam literalmente suspensos no ar, no tempo, na fantasia, sem chão para poisar. Este encontro de resistência vê agora a luz do dia, numa apresentação única e de estreia deste novo espetáculo, a que se juntaram vários outros parceiros que permitiram a sua concretização.

Este é um espetáculo que vive da fantasia e que mistura a experiência digital e o novo circo, com a dança vertical, partilhando uma realidade de corpo e coração a flutuar no espaço e no tempo, como que a querer oferecer a todos os espectadores esse mesmo espaço de ar aberto e livre, para todos respirarmos em modo síncrono por um pouco e podermos voltar a colocar os pés no chão com outro amparo.

Uma experiência a não perder, nos próximos dias 3 e 4 de setembro, pelas 21h00 e 22h00 no Castelo de Estremoz, com entrada livre. Abertura de portas antecipada às 20h20 e 21h30, com animação da Sociedade Artística Filarmónica Estremocense.
 
FICHA TÉCNICA
Criação e Interpretação: Bruno Rosa; João Pataco; Miguel Tira-Picos; Mónica Alves
Ideia, Concepção e Produção: Oskar & Gaspar
Co-criação: Laboratório e Oskar & Gaspar
Direcção de Projecto: Francisco Leone
Direcção de Produção: Inês Almeida Matos
Assistência de Direcção: Patrizia Romani
Direcção de Conteúdos: Eduardo Cunha
Direcção de Conteúdos 3D: Gonçalo Sá
Direcção Artística: Ana Fatia
Assessoria Artística: Mickael de Oliveira
Criação Design 3D: António Carvalho; Cláudia de Oliveira; Diogo Brito; Gonçalo Sá; Rodrigo Antunes
Banda Sonora Original: Óscar Benito
Produtores Associados: Droid ID / Galactifiction
Parceiros Estratégicos: FX Road Lights; Evil Angels
Comunicação e Assessoria:
Creative Industries Programmes by SC | Sara Cavaco | Sandra Lopes
Design Gráfico: Sofia Silva
Registo Fotográfico e Criação de Making of: Susana Chicó
Realização, Captação e Edição de Vídeo: Droid ID / Galactifiction
Edição de Vídeo: Cláudia de Oliveira
Operação Vídeo: Eduardo Cunha
Parceiros: Câmara Municipal de Estremoz
Parceiro institucional: República Portuguesa – Ministério da Cultura
 
Entrada de Público: Sociedade Artística Filarmónica Estremocense

Visite o site: www.openairshow.com
 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.